Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Notícias Policiais

Editoria sobre Policial ir para editoria →

Tragédia

Bebê encontrado morto nos braços da mãe em João Pessoa morreu vítima de engasgo, aponta certidão de óbito

Delegado disse que a conclusão da certidão de óbito é uma novidade que pode inocentar a mãe. Contudo, ele explica que o laudo completo do IPC sobre o caso ainda vai sair em até 20 dias.

Na situação de hoje, a tia chamou o amigo da família após a sobrinha se recusar a entregar o menino. A jovem entregou, então, o bebê ao amigo da família, o qual percebeu que a criança já estava morta. (Foto: Pixabay/Imagem ilustrativa)

Por

A certidão de óbito do bebê que foi encontrado morto nos braços da mãe, no bairro do Bessa, em João Pessoa, aponta que a criança morreu vítima de broncoaspiração, ou seja, engasgou. A morte do menino ocorreu neste sábado (9).

O delegado Ademir Fernandes explicou ao ClickPB, na noite deste sábado, que a mãe já estava em surto há três dias e era mantida sob cuidados de uma tia e um amigo da família. Ela havia se hospedado na casa de um tio para ajudá-lo na recuperação da Covid-19, que ela também já havia contraído e se recuperado.

Ainda segundo o delegado contou ao ClickPB, na manhã de hoje, quando a tia levantou-se para dar o leite do bebê na mamadeira, encontrou a mãe com ele no colo e estranhou o estado dela e da criança. A tia chamou o amigo da família após a sobrinha se recusar a entregar o menino. A jovem entregou, então, o bebê ao amigo da família, o qual percebeu que a criança já estava morta.

A Polícia Civil e a Polícia Militar estiveram no endereço. O delegado Ademir Fernandes relatou ao ClickPB que, como percebeu que a mãe estava em surto, nem chegou a conversar com ela e que a Delegacia de Homicídios pode colher o depoimento dela em outro momento.

O delegado disse ao ClickPB que a conclusão da certidão de óbito é uma novidade que pode inocentar a mãe. Contudo, Ademir Fernandes explica que o laudo completo do Instituto de Polícia Científica (IPC) sobre o caso ainda vai sair em até 20 dias.

Logo após o ocorrido, pela manhã, a mãe do bebê foi levada para atendimento psiquiátrico.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Mulher morre após ser atropelada na BR-230, sentido João Pessoa/Cabedelo

Engavetamento deixa trecho da BR-230 interditado nas proximidades do Hospital Metropolitano, em Santa Rita

Acidente envolvendo caminhões deixa BR-101 parcialmente interditada sentido Caaporã/Recife

Jovem de 18 anos morre após ser baleado em comunidade da Paraíba