Investigação

Caso Sophia: delegado diz que pessoa próxima à família pode ser responsável por desaparecimento da menina

Informação pelo foi dada delegado seccional de Bananeiras, Diógenes Fernandes, que comanda a investigação, durante o programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM

Ana Sophia; Bananeiras; desparecimento

Ana Sophia desapareceu há sete meses. Seu corpo nunca foi encontrado e família mantém esperança.

O delegado seccional de Bananeiras, Diógenes Fernandes, que comanda a investigação do caso Ana Sophia, afirmou nesta terça-feira (11) que alguém próximo à família da menina pode ser o responsável pelo desaparecimento da garota. A informação foi dada durante o programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM.

Ana Sophia Gomes dos Santos, de oito anos, está desaparecida desde o dia 4 deste mês, quando saiu de casa, no distrito de Roma, em Bananeiras, para brincar na casa de uma amiga. 

Com visto pelo ClickPB, o delegado contou que a polícia ainda trabalha com a hipótese de rapto, mas que com o passar do tempo vai sendo cada vez mais provável que o crime seja de homicídio com ocultação de cadáver. 

“Umas das linhas trabalhadas é de que o criminoso seja uma pessoa próxima, parente ou não, da menina e conheça e tenha a confiança dela. O tempo vai deixando a gente apto a trilhar por outros caminhos (homicídio). É uma das teses, mas não descartamos o rapto, pois a região é muito movimentada”, afirmou o delegado, como visto pelo ClickPB.

O ClickPB também verificou que o delegado comentou sobre as diferentes informações colhidas nos depoimentos de familiares e vizinhos. Segundo ele, há desencontro de informações e a falta de imagens de câmeras complica a investigação.

“A polícia ainda não estabeleceu uma dinâmica [do desaparecimento], um itinerário da vítima, mas a investigação está bem encaminhada. Temos que seguir os passos e [resolver] desencontros em depoimentos”, falou o delegado Diógenes Fernandes.

Desde quando o desaparecimento se tornou público, policiais militares, civis, bombeiros e voluntários procuram por Ana Sophia na região de Bananeiras.  O helicóptero Acauã, da Polícia Militar, também está envolvido nas buscas.

Açudes próximos foram vistoriados e um, que fica por trás da casa onde a menina mora, chegou a ser esvaziado para verificar se Ana Sophia havia morrido afogada. A menina não foi encontrada no local.

COMPARTILHE

Bombando em Notícias Policiais

1

Notícias Policiais

Jovem é assassinado a tiros em avenida da cidade de Santa Rita

2

Notícias Policiais

Manifestantes tocam fogo em pneus e bloqueiam trecho da BR-230 em Campina Grande

3

Notícias Policiais

Atirador de elite atinge homem que fazia filho de refém em Fortaleza

4

Notícias Policiais

Polícia apreende 111 armas em apartamento que explodiu em Campinas

5

Notícias Policiais

Mulher é encontrada morta em calçada de Sousa com marcas de violência na cabeça