Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Notícias Policiais

Editoria sobre Policial ir para editoria →

Lei Maria da Penha

Comandante confirma que cabo preso por suspeita de violência doméstica continua detido em João Pessoa

O inquérito foi aberto pela Delegacia da Mulher da Capital e o policial militar vai responder na justiça comum por se tratar de um crime civil.

Cabo da Polícia Militar preso suspeito de violência doméstica continua preso no 1º BPM, no Centro de João Pessoa. (Foto: Divulgação)

Por

O cabo da Polícia Militar, Rui da Silva Nóbrega, preso suspeito de bater na namorada, no bairro dos Bancários, em João Pessoa, continua detido no 1º Batalhão de Polícia Militar, segundo confirmou ao ClickPB, o tenente-coronel Marcos Barros Silva, comandante do 5º BPM onde o policial é lotado. 

Segundo o comandante, o inquérito foi aberto pela Delegacia da Mulher da Capital e o policial militar vai responder na justiça comum por se tratar de um crime civil. “Até que se prove o contrário ele continua preso”, afirmou. 

Leia mais:

Cabo da Polícia Militar é preso suspeito de bater na namorada em João Pessoa

O crime praticado pelo cabo Rui, que é pré-candidato a vereador da Capital e assessor do deputado estadual Gilberto Silva (PSL), mais conhecido por cabo Gilberto, será enquadrado na Lei Maria da Penha. Cabo Rui está detido no 1º Batalhão de Polícia Militar, no Centro de João Pessoa. 

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Delegado descarta tentativa de homicídio contra Nilvan Ferreira após candidato ter denunciado atentado

Perícia não aponta sinais de violência e delegado descarta que mulher encontrada morta em João Pessoa tenha sido assassinada

Após suspeito de atentado ser localizado, Nilvan Ferreira pede rigor nas investigações

Suspeito de atentado a Nilvan Ferreira é localizado e diz que não fez ameaças, mas se defendeu de uma briga de trânsito