Mistério

Corpo é encontrado em Bananeiras e suspeita é de que seja de Tiago Fontes, acusado no sumiço de Sophia

A criança desapareceu desde o dia 4 de julho e não voltou mais para casa. Tiago também desapareceu desde que prestou depoimento à Polícia Civil e tornou-se investigado.

Corpo é encontrado em Bananeiras e suspeita é de que seja de Tiago Fontes, acusado no sumiço de Sophia

Corpo encontrado estava pendurado por uma corda em uma mata e em estado de decomposição. — Foto:Reprodução/Redes sociais

Um corpo foi encontrado em Bananeiras, no Brejo paraibano, nesta quinta-feira (9), e a suspeita é de que seja de Tiago Fontes, apontado como responsável pelo sumiço e possível morte da menina Ana Sophia, no distrito de Roma. A criança desapareceu desde o dia 4 de julho e não voltou mais para casa.

Tiago Fontes tornou-se alvo da Polícia Civil e da Justiça após as investigações apontarem que a última vez que Sophia foi vista foi entrando na casa de Thiago, que é marido de uma professora da escola onde a menina estudava.

Tiago também desapareceu desde que prestou depoimento à Polícia Civil e tornou-se investigado.

Segundo imagens obtidas pelo ClickPB, o corpo encontrado nesta quinta-feira estava pendurado por uma corda em uma mata e em avançado estado de decomposição. Segundo vídeo preliminar, ele teria sido encontrado por dois trabalhadores de uma propriedade da região de Bananeiras.

Investigações e exames no Instituto de Polícia Científica (IPC) devem apontar a identidade do corpo encontrado.

Saiba mais

COMPARTILHE

Bombando em Notícias Policiais

1

Notícias Policiais

Juiz pode decidir hoje sobre pedido de prisão domiciliar de ex-diretora do Padre Zé

2

Notícias Policiais

Criminosos se passam por prefeito de Sapé para aplicar golpe em comerciantes

3

Notícias Policiais

Rivalidade de facções: polícia prende acusado de homicídio em São Bento e procura outros dois suspeitos

4

Notícias Policiais

Homem é preso após esfaquear ex-companheira no Agreste da Paraíba

5

Notícias Policiais

Caso Kaliane: ex-companheiro que assassinou mulher enquanto ela fazia compras é condenado a 30 anos de prisão