Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Notícias Policiais

Editoria sobre Policial ir para editoria →

Investigação

Delegada vai ouvir funcionários e familiares de idosos que residiam em abrigo interditado em João Pessoa; proprietário já está solto

Pelo menos 22 idosos estão internados em hospitais de João Pessoa. Um deles testou positivo para Covid-19.

Idosos estão internados em hospitais da Capital após o MPPB ter ido averiguar, junto com Polícia e Secretaria de Saúde, a denúncia de maus-tratos em abrigo da cidade. (Foto: Reprodução)

Por

Os funcionários e familiares dos idosos, que residiam em um abrigo que foi interditado em João Pessoa, no último domingo (04), serão ouvidos pela Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso. Em conversa com o portal ClickPB, nesta terça-feira (06), a delegada Vera Lúcia Soares, informou que o inquérito foi aberto e está investigando o caso, que veio à tona, após uma denúncia feita ao Ministério Público da Paraíba (MPPB). O proprietário que foi preso em flagrante já está solto mediante custódia.

O proprietário do local foi preso no domingo e solto ontem (05), após uma audiência de custódia. No local, moravam 39 idosos em situações consideradas degradantes. Pelo menos 22 deles, que estavam doentes, foram internados em hospitais da Capital. Um deles testou positivo para a Covid-19 e foi encaminhado para uma unidade de saúde que atende casos de coronavírus. Apesar de ter sido liberado, a delegada informou que o dono do abrigo está sendo processado.

Vera Lúcia Soares lembrou que as investigações continuam e a expectativa é ouvir várias pessoas entre elas funcionários e familiares dos idosos. O proprietário pode responder por diversos crimes, mas que, de acordo com o que a delegada repassou ao ClickPB, só no final irá tipificar os crimes. No entanto, lembrou que a instituição que atendia os idosos, no bairro de Tambauzinho, não era oficializada, ou seja, funcionava de forma irregular.

“Quando os idosos chegaram no hospital estavam famintos, com muita sede. Tudo isso a gente vai, no final do inquérito, o que for relatado, a gente vai colocar os artigos”, comentou a delegada, ao citar sobre os maus-tratos que os idosos estavam submetidos no abrigo. Além disso, muitos dos idosos chegaram em situações precárias de higienização. No domingo, quando a equipe chegou a instituição havia apenas dois funcionários.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Motorista de aplicativo suspeito de assaltar passageira é preso em João Pessoa

Advogado é preso suspeito de agredir cabeleireira em flat de João Pessoa

João Pessoa vacina contra Covid-19 pessoas com comorbidades a partir dos 35 anos, com deficiência de 40 anos ou mais e trabalhadores de saúde acima dos 25 anos

Bebê de cinco meses morre asfixiado com sacola no Sertão da Paraíba