Caso Sophia

Escola de Bananeiras tem aulas suspensas após sumiço de criança; local servirá como base para força-tarefa

Segundo apurou o ClickPB, a informação foi detalhada pela gestão do município em uma rede social. A previsão é que as aulas retornem apenas na próxima segunda-feira, 17 de julho.

Escola de Bananeiras tem aulas suspensas após sumiço de criança; local servirá como base para força-tarefa

Ana Sophia (Foto: Reprodução)

Uma escola municipal localizada no distrito de Roma, na zona rural de Bananeiras, teve as aulas interrompidas pela prefeitura local para servir como base para a força-tarefa que busca a menina Ana Sophia, que está desaparecida há seis dias. Segundo apurou o ClickPB, a informação foi detalhada pela gestão do município em uma rede social. 

A previsão é que as aulas retornem apenas na próxima segunda-feira, 17 de julho. “A prefeitura de Bananeiras comunica a comunidade escolar e toda sociedade que as aulas da Escola João Paulo II, em Roma, retornarão dia 17 de julho. A Escola será utilizada como base para a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Guarda Civil Munciipal, entes que atuarão mais incisivamente nas buscas pela criança Ana Sophia, que está desaparecida”, diz trecho da nota publicada ontem (09). 

Ao longo do texto, segundo apurou o ClickPB, também é feito um apelo para que caso as pessoas que tenham informação sobre o sumiço da menina detalhem a polícia “O nosso aviso segue acompanhado do apelo de que informações sobre a criança sejam prestadas as autoridades policiais”. 

Confira:

COMPARTILHE

Bombando em Notícias Policiais

1

Notícias Policiais

Acidente entre carro e caminhão deixa três paraibanos mortos no Ceará

2

Notícias Policiais

Criança morre após ser estuprada na Paraíba; polícia prendeu padrasto suspeito e mãe acusada de permitir abuso

3

Notícias Policiais

Homem atira em policiais durante abordagem e fica ferido após confronto, na Paraíba

4

Notícias Policiais

Homem é assassinado a tiros enquanto trabalhava em canteiro de obra em João Pessoa

5

Notícias Policiais

Nordeste tem sete das dez cidades mais violentas do Brasil; veja onde ficam