Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Notícias Policiais

Editoria sobre Policial ir para editoria →

Ciúmes

Joan se apresenta à polícia e confessa ter assassinado namorado em Campina Grande após descobrir traição

Joan revelou que os dois brigaram depois de Joan ver conversas do namorado com outro rapaz no celular desbloqueado e que pegou uma faca e matou o companheiro, no dia 6 de junho.

"Joan notou que vinha sendo traído. Pegou o celular da vítima desbloqueado e viu que a vítima tinha contato com outro rapaz. Pegou uma faca e o matou. Não sabe quantas facadas deu", explicou o delegado. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Por

Joan Edgley se apresentou à Polícia Civil em Campina Grande, nesta segunda-feira (14), e confessou ter assassinado seu namorado, João Victor Almeida, após ter descoberto uma traição. Ele revelou que os dois brigaram depois de Joan ver conversas do namorado com outro rapaz no celular desbloqueado e que pegou uma faca e matou o companheiro, no dia 6 de junho. "Joan notou que vinha sendo traído. Pegou o celular da vítima desbloqueado e viu que a vítima tinha contato com outro rapaz. Pegou uma faca e o matou. Não sabe quantas facadas deu", explicou o delegado Francisco de Assis da Silva, ao ClickPB.

O delegado informou que já havia um mandado de prisão contra Joan Edgley, expedido pelo 1º Tribunal do Júri. Joan contou que, após cometer o crime, ficou escondido no matagal em Pocinhos, seu município de origem.

Ainda segundo o delegado, com a confissão de Joan Edgley, o inquérito está concluído. "Os moradores do prédio todos confirmaram a briga. Tinha câmeras que registraram a entrada e a saída de Joan", pontuou.

Saiba mais

Joan Edgley está recolhido no presídio Serrotão. Ele aguarda audiência de custódia, que deve acontecer nesta terça-feira (15).

O delegado Francisco de Assis disse ainda ao ClickPB que, com a conclusão do inquérito, basta apenas encaminhar o relatório da denúncia ao Ministério Público da Paraíba.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Trio é preso suspeito de participar de assalto a farmácia em Campina Grande

Criança de um ano é salva por policiais militares após se engasgar em João Pessoa

Idoso é detido após atropelar ciclista em João Pessoa

Helicóptero com 300 kg de cocaína cai em fazenda no Pantanal de MT