Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Notícias Policiais

Editoria sobre Policial ir para editoria →

João Pessoa

Justiça nega pedido e mantém prisão preventiva de Ruan, acusado de atropelar e matar motoboy

Ruan é acusado de ter atropelado e matado o motoboy Kelton Marques no Retão de Manaíra, em João Pessoa, na madrugada do dia 11 de setembro.

O acusado dirigia a uma velocidade de 160 km/h , desrespeitando sinais de trânsito (Foto: Reprodução)

Por

A 2ª Vara do Tribunal do Júri da Capital negou o pedido feito pela defesa de Ruan Ferreira de Oliveira, mais conhecido como Ruan Macário, para revogar o mandado de prisão preventiva contra ele. Ruan é acusado de ter atropelado e matado o motoboy Kelton Marques no Retão de Manaíra, em João Pessoa, na madrugada do dia 11 de setembro. O acusado dirigia a uma velocidade de 160 km/h , desrespeitando sinais de trânsito.

Logo após o atropelamento, Ruan abandonou o veículo e fugiu da cena do crime. Desde então, ele segue foragido e sendo procurado pela polícia da Paraíba. Mesmo com a prisão preventiva decretada, não há informações sobre seu paradeiro.

A defesa acionou a justiça pedindo a revogação da prisão preventiva. Eles alegaram que Ruan tem condições jurídicas para responder ao crime em liberdade, como endereço fixo e emprego, além de ser réu primário. Além disso, a defesa chama atenção para a possibilidade de que o acusado venha a sofrer retaliações devido à repercussão do caso. Segundo a defesa, Ruan já teria recebido até mesmo ameaças de morte.

Apesar disso, a justiça entendeu que os argumentos apresentados não são suficientes para revogar a prisão preventiva, considerando que Ruan apresentou um comportamento perigoso e que a manutenção da sua liberdade poderia colocar a vida de mais pessoas em risco.

Saiba mais:

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Homem é morto a caminho de ensaio de quadrilha junina em João Pessoa em suposto assalto

Chefe de facção morre em troca de tiros com policiais em São Bento

Carreta com 600 caixas de tênis sem documentação fiscal é apreendida em Cajazeiras

Ex-detento é assassinado a tiros durante emboscada em Picuí