Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Notícias Policiais

Editoria sobre Policial ir para editoria →

Policial

Polícia Civil prende esposa após confessar ter matado o próprio marido

De acordo com informações da polícia, a mulher, que tem 52 anos, foi autuada em flagrante. A vítima foi identificada como Paulo Bernardo da Silva.

Segundo as investigações, a vítima estava ingerindo bebida alcoólica, quando percebeu que a suspeita estava nua e tentando seduzir outra mulher. Houve um desentendimento. (Foto: Walla Santos)

Por

A Polícia Civil prendeu uma mulher na tarde desta segunda-feira (13), no bairro do Cristo, após confessar ter matado o próprio marido. O crime aconteceu na madrugada desta segunda-feira, no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa. A prisão ocorreu 12 horas após o delito, realizada pela equipe da Delegacia de Crimes Contra Pessoa da capital.

De acordo com informações da polícia, a mulher, que tem 52 anos, foi autuada em flagrante. A vítima foi identificada como Paulo Bernardo da Silva.

"O fato foi registrado inicialmente como morte a esclarecer. Contudo, os investigadores da Homicídios acharam estranha a narrativa e, após constatarem junto ao IPC (Instituto de Polícia Científica) a vítima tinha morrido, provavelmente, por asfixia mecânica, iniciaram as diligências", explicou o delegado Carlos Othon.

Ainda de acordo com Othon, a Polícia localizou  uma testemunha que narrou como o crime aconteceu e apontou a mulher como sendo a autora do delito. 

O crime de teria sido causado por ciúmes. Segundo as investigações, a vítima estava ingerindo bebida alcoólica, quando percebeu que a suspeita estava nua e tentando seduzir outra mulher. Houve um desentendimento. 

"Nesse momento, a suspeita derrubou a vítima no chão e em seguida passou a esganá-la até a morte", declarou o delegado.

Equipes de socorristas ainda foram acionadas, mas a vítima não resistiu. 

A mulher suspeita de praticar o crime foi presa no bairro do Cristo, ocasião em que confessou que empurrou e esganou a vítima, mas que não lembrava de nada devido a ingestão de bebida alcoólica", acrescentou Othon. 

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Polícia prende mulher e encerra festa com quase 200 pessoas em parque de vaquejada em Belém

Comandante confirma que cabo preso por suspeita de violência doméstica continua detido em João Pessoa

Cabo da Polícia Militar é preso suspeito de bater na namorada em João Pessoa

Comerciante é preso após realizar disparos em via pública de São Bento