Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Notícias Policiais

Editoria sobre Policial ir para editoria →

Princesa do Sertão

Polícia Federal deflagra operação em Princesa Isabel para investigar desvio de verbas federais na compra de testes para covid-19 e máscaras

Informações repassadas ao ClickPB de forma extraoficial é de que a Polícia Federal foi até a casa do prefeito da cidade para cumprimento de um mandado.

Polícia Federal deflagram operação na Paraíba (Foto: Reprodução)

Por

A Polícia Federal na Paraíba deflagrou, através da Delegacia de Campina Grande, na manhã desta quarta-feira (02), a Operação Princesa do Sertão. A operação acontece como resultado de investigação de um trabalho em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU).

Informações repassadas ao ClickPB de forma extraoficial é de que a Polícia Federal foi até a casa do prefeito da cidade para cumprimento de um mandado. 

O objetivo da ação é colher elementos de provas de possíveis crimes relacionados à malversação de verbas federais destinadas ao combate da Pandemia de Covid-19 na Paraíba, envolvendo suspeita de sobrepreço na aquisição, pela Prefeitura Municipal de Princesa Isabel/PB, de 5 mil testes rápidos para detecção do COVID-19 e 40  mil máscaras descartáveis.

Estão sendo empregados 20 policiais federais, para que seja dado cumprimento a cinco mandados de busca e apreensão expedidos pelo TRF da 5ª Região em Recife, todos na cidade de Princesa Isabel/PB.


Será concedida entrevista coletiva às 11h na Superintendência da Polícia Federal em João Pessoa/PB.

O que diz a prefeitura

O prefeito de Princesa Isabel, Ricardo Pereira, divulgou uma nota em que afirma que o Tribunal de Contas da Paraíba já apurou a denúncia e que o órgão não detectou sobrepreço nas aquisições. 

Ainda de acordo com a prefeitura, os sigilos fiscais, bancários e telefônicos dos envolvidos já estavam à disposição da Polícia Federal, Tribunal Regional Federal, Justiça Federal e Ministério Público Federal.

Confira:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE PRINCESA ISABEL PB, RICARDO PEREIRA DO NASCIMENTO, vem à público esclarecer notícias de uma operação ocorrida na manhã desta quarta-feira, 02 de fevereiro de 2022, visando apuração de denúncia de alegado sobrepreço na aquisição de máscaras e testes rápidos para a Covid-19. De Início esclarece que o Tribunal de Contas da Paraíba já apurou a denúncia, tendo se convencido que, além de não ter havido sobrepreço, a forma de aquisição foi a mais correta. 

Mesmo assim, o próprio prefeito, abriu mão de seus sigilos fiscais, bancários e telefônicos, juntamente com a secretária de saúde, Sra. Francisca de Lucena Henriques, comunicando tal fato à Polícia Federal, Tribunal Regional Federal, Justiça Federal e ao próprio Ministério Público Federal, no intuito de solucionar da forma mais rápida possível eventuais dúvidas dos órgãos de controle acerca da correção dos atos praticados pela gestão do município de Princesa Isabel. Toda a documentação relativa à aquisição sempre esteve disponível na página oficial para acesso de todos, estando o prefeito e secretária tranquilos quanto à apuração dos fatos, permanecendo à disposição das autoridades.


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Criminosos matam cachorros a tiros e roubam carro, eletrônicos, joias e dinheiro ao fazer família refém em casa na Paraíba

Homem que matou motorista com tiro nas costas após batida de carro tem registro de atirador, caçador e colecionador de armas

Passageiro de carro morre e outro fica ferido em acidente com carreta na entrada de Galante, em Campina Grande

Após render guardas, 35 presos ligados ao PCC fogem de penitenciária