'Carrossel'

Polícia Federal investiga quadrilha responsável por assaltos a agências dos Correios na Paraíba e prende suspeito em Mossoró

Segundo investigações, foi identificada uma quadrilha especializada em roubo a agências dos Correios, responsável por diversos assaltos na Paraíba, no período de 2019 e 2020.

Polícia Federal investiga quadrilha responsável por assaltos a agências dos Correios na Paraíba e prende suspeito em Mossoró

A prisão foi executada nesta sexta-feira (29) pela Polícia Federal, durante a Operação Carrossel. — Foto:Divulgação/Ascom Polícia Federal

Um homem suspeito de participação em assaltos a agências dos Correios na Paraíba foi preso em Mossoró, no Rio Grande do Norte. A prisão foi executada nesta sexta-feira (29) pela Polícia Federal, durante a Operação Carrossel.

Foram cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão em João Pessoa e Mossoró. Quinze policiais federais da Superintendência da PF na Paraíba e da Delegacia da PF em Mossoró foram mobilizados para a operação.

De acordo com investigações da Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio e o Tráfico de Armas (DELEPAT), da Polícia Federal, foi identificada uma quadrilha especializada em roubo a agências dos Correios, responsável por mais de uma dezena de crimes contra a empresa pública no Estado da Paraíba, no período de 2019 e 2020.

Inicialmente, foram identificados quatro integrantes da organização, todos do Rio Grande do Norte. Um dos suspeitos foi preso na data de hoje, na cidade de Mossoró, e é acusado de participar de diversos roubos a agências dos Correios na Paraíba, entre eles os praticados nas cidades de Soledade, em outubro do ano passado, e em Taperoá, nos dias 10 e 31 de janeiro.

A ação policial contou, também, com o apoio da Força Tarefa da Secretaria de Operações Integradas (SEOPI), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, em Mossoró. A Polícia Federal na Paraíba espera desdobramentos da Operação Carrossel, pois ainda estão sendo feitas diligências.

Correios

Em nota, os Correios esclareceram que estão colaborando com todas as investigações junto a Polícia Civil. A empresa também abriu processo administrativo para apurar a conduta do empregado suspeito. 

Os Correios ratificam seu compromisso com a ética, a integridade e a transparência, e reafirmam que a atitude do empregado não condiz com as práticas da empresa.

COMPARTILHE

Bombando em Notícias Policiais

1

Notícias Policiais

Preso integrante de grupo criminoso que trocou tiros com policiais em assalto a carro-forte

2

Notícias Policiais

Adolescente envolvido em roubo de R$ 20 mil é apreendido em João Pessoa

3

Notícias Policiais

Polícia Civil prende investigados por roubos a político, comerciantes e proprietários rurais em Mamanguape

4

Notícias Policiais

Homem é preso ao tentar vender barco roubado a policiais civis na Paraíba

5

Notícias Policiais

Nove integrantes de facção criminosa são detidos com armas e munições em Lucena