Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Notícias Policiais

Editoria sobre Policial ir para editoria →

Rotam

Polícia prende suspeito de furtos de hidrômetros na cidade de Patos

De acordo com o delegado de Roubos e Furtos de Patos, Elcenho Leite, o interesse dos ladrões no roubo desse tipo de equipamento é pela existência do bronze em sua composição.

Com o suspeito, foram encontrados vários hidrômetros, equipamento utilizado pela Cagepa para medir o consumo de água dos imóveis. (Foto: Reprodução/Assessoria)

Por

Após vários furtos de hidrômetros na cidade de Patos, no Sertão do Estado, a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) acionou as polícias Civil e Militar, que prenderam um suspeito de praticar o crime no bairro Jardim Guanabara.

A prisão ocorreu na noite da última quinta-feira (12), e foi realizada por policiais da Rotam. Com o suspeito, foram encontrados vários hidrômetros, equipamento utilizado pela Cagepa para medir o consumo de água dos imóveis.

De acordo com o delegado de Roubos e Furtos de Patos, Elcenho Leite, o interesse dos ladrões no roubo desse tipo de equipamento é pela existência do bronze em sua composição, metal de aceitação no mercado paralelo.

Ainda conforme o delegado, esse tipo de crime vem ocorrendo desde os primeiros meses deste ano na região polarizada pela cidade de Patos, que chamou a atenção das polícias Civil e Militar. “Com esta prisão, também deveremos chegar aos receptadores dessa prática delituosa”, disse o policial, acrescentando que outros suspeitos pelo mesmo tipo de crime podem ser detidos a qualquer momento.

Para o engenheiro Jonatas Raulino, gerente regional da Cagepa, o furto de hidrômetros causa vários danos de ordem econômica à Companhia e, sobretudo, ambiental à população. “A cada furto praticado, muita água é desperdiçada, porque a nossa manutenção só consegue agir a partir do momento que é notificada”, explicou.
O gerente da Companhia aproveitou para agradecer o empenho dos policiais na prisão do suspeito pelo crime, e reforçou a defesa no combate a essa prática delituosa contra o patrimônio público. “A ação policial, certamente, vai contribuir muito para acabar com esse tipo de crime na nossa região”, pontuou Jonatas Raulino.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Operação da Polícia Militar e Gaeco prende professor da UFPB com mandado por acusação de estupro

Polícia Federal faz operação contra suspeitos de planejar fuga de chefes de facção detidos em presídios federais; mulher de Marcola é um dos alvos

Paraibano é preso acusado de matar namorada em Recife e diz à polícia que tiro foi acidental

Incêndio atinge ambulância em Amparo, na Paraíba