Audiência

Ruan confessa que tomou remédio e bebeu antes de atropelar motoboy em João Pessoa; juíza adia decisão sobre acusação

O atropelamento aconteceu no dia 11 de setembro de 2021, quando Ruan atingiu em cheio a moto e o motociclista Kelton, em um cruzamento do Retão de Manaíra, na madrugada.

Ruan confessa que tomou remédio e bebeu antes de atropelar motoboy em João Pessoa; juíza adia decisão sobre acusação

Ruan passou mais de dez meses foragido. Ele se entregou em julho deste ano e permanece preso, desde então. — Foto:Reprodução/Redes sociais

Ruan Ferreira, acusado de atropelar a matar o motoboy Kelton Marques em João Pessoa, prestou depoimento nesta quinta-feira (24) em audiência do caso no Tribunal de Júri da Capital. Ruan Macário, como é conhecido nas redes sociais, confessou que tomou remédio psicotrópico e ingeriu bebida alcoólica antes de dirigir em alta velocidade no Retão de Manaíra, segundo informou ao ClickPB o advogado de acusação, Luiz Pereira.

O atropelamento aconteceu no dia 11 de setembro de 2021, quando Ruan atingiu em cheio a moto e o motociclista Kelton, em um cruzamento do Retão de Manaíra, na madrugada. Kelton morreu no local com o impacto da colisão. Ruan dirigia a 163km/h.

“A audiência começou às 9h e acabou por volta das 13h30. Foram ouvidas todas as testemunhas da acusação e da defesa. Foi interrogado o réu. Ele falou que tinha tomado um remédio psicotrópico, ingerido bebida alcoólica e tinha perdido a memória e, em virtude disso, causou o acidente”, explicou ao ClickPB o advogado da família do motoboy Kelton Marques.

Ainda segundo o advogado, a juíza Francilucy Rejane de Sousa Mota anunciará a decisão em outro momento. “Depois o Ministério Público fez as alegações finais orais, pedindo a pronúncia (acusação perante o tribunal), a assistência de acusação também, e a defesa pediu a desclassificação para que ele responda por homicídio culposo (sem intenção de matar). Em virtude disso, a juíza fez conclusão para decisão posterior.”

Ruan passou mais de dez meses foragido. Chegou a ser colocado na lista de procurados da Segurança Pública da Paraíba. Ele se entregou em julho deste ano e permanece preso, desde então.

Saiba mais

COMPARTILHE

Bombando em Notícias Policiais

1

Notícias Policiais

Polícia usa jet skis e prende cinco membros de facção criminosa, na Grande João Pessoa

2

Notícias Policiais

Mais de 100 paraibanos são investigados em golpe contra banco que movimentou quase R$ 200 mil

3

Notícias Policiais

Condenado por estupro, Robinho tem pedido negado pela Justiça para reduzir pena

4

Notícias Policiais

Homem morto em shopping de João Pessoa era líder de organização criminosa que movimentou mais de R$ 250 milhões

5

Notícias Policiais

Divulgado resultado dos candidatos aptos em todas as fases do concurso da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros da Paraíba