Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Notícias Policiais

Editoria sobre Policial ir para editoria →

Em João Pessoa

Suspeito de matar invasora de casa foi ouvido e liberado; mulher atacou padaria antes de invadir imóvel

O delegado considerou que houve legítima defesa e que o morador não tinha a intenção de matar a invasora. O investigador também informou que a mulher estaria sob efeito de drogas.

Suspeito de matar invasora de casa foi ouvido e liberado; mulher atacou padaria antes de invadir imóvel (Foto: Arquivo pessoal)

Por

O homem suspeito de matar uma mulher que invadiu uma casa no bairro do Bessa, em João Pessoa, nessa quarta-feira (19), foi ouvido e liberado. O delegado Ademir Fernandes considerou, preliminarmente, que houve legítima defesa e que o morador não tinha a intenção de matar a invasora. O investigador também informou que a mulher estaria sob efeito de drogas.

No começo da tarde de ontem, a mulher pulou o muro da residência no Bessa, derrubou uma prateleira de vidro, que quase atingiu uma criança de 11 meses, e chutou uma outra, de três anos. Então, o pai das crianças reagiu e entrou em luta corporal com a mulher.

Segundo o delegado Ademir Fernandes, a invasora tentou roubar a bolsa de um homem na rua e depois invadiu uma padaria, onde derrubou produtos e assustou as pessoas que estavam no local. Logo em seguida, ela invadiu a casa onde atacou os moradores.

 O delegado explicou que o homem que quase teve a bolsa roubada por ela a seguiu e entrou na residência invadida para ajudar os moradores a rendê-la. Foi constatado pela perícia que a mulher morta tinha lesão na cabeça e o nariz quebrado. Ela teria morrido 20 minutos após a luta corporal com o morador, segundo a polícia.

Um policial militar que esteve no local disse que a mulher tinha passagem pela polícia. O delegado ouviu o homem, a esposa dele e um vizinho. O homem que ajudou a render a invasora e sofreu a tentativa de assalto ainda não foi localizado.

As investigações seguem com a Polícia Civil.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Polícia prende suspeito de tráfico e apreende mais de 10 kg de drogas em José Américo

Dupla é presa suspeita de tentar assaltar Unidade de Saúde da Família, nos Bancários

Polícia desarticula grupo criminoso que agia no município de Puxinanã

Preso foragido suspeito de matar vereador em Pernambuco