UFC

Algoz de Angela Hill, Michelle Waterson sonha disputar cinturão do UFC: "Sempre foi o meu objetivo"

Americana, que reencontrou o caminho das vitórias no último sábado, em Las Vegas, após duas derrotas seguidas, segue em busca do título do peso-palha do Ultimate.

Por

Michelle Waterson reencontrou o caminho das vitórias no UFC do último sábado, em Las Vegas (EUA). Após amargar duas derrotas consecutivas, "Karate Hottie" bateu Angela Hill por decisão dividida na melhor luta desta edição, segundo o bônus concedido pelo Ultimate.

De volta à boa fase, Waterson pediu para disputar o cinturão do peso-palha, o que não aconteceu mesmo quando emplacou três triunfos consecutivos na companhia.

- O objetivo sempre foi lutar pelo cinturão, sempre foi esse. Estou maturando isso há muito tempo e quero chegar lá. Vejo a luz no fim do túnel. Não posso dar meia-volta, tenho que continuar seguindo em frente. Quero o título o mais rápido possível - declarou a americana, ansiosa para reencontra a filha, Araya.

- Sempre que você sofre danos, mas consegue a vitória, não dói. Estou muito feliz por voltar com uma vitória e chegar em casa para ver minha macaquinha.

Embora tenha levado a pior nos primeiros rounds do combate, Michelle Waterson conseguiu crescer do terceiro assalto em diante até alcançar a vitória nos pontos. Ela acredita que precisou realizar algumas correções para colocar seu jogo em prática.

- Foram alguns ajustes de centímetros, a diferença de estar um pouco mais para trás, atuando de forma mais conservadora, atacando de forma periférica ou ir mais a fundo, ganhando espaço e decidindo, tipo "vamos em frente".

Fonte: Combate.com

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaques

ver blog →

Treinador e córner de Ketlen Vieira, Dedé Pederneiras é diagnosticado com Covid-19

Ketlen Vieira afirma que evoluiu após primeira derrota: "Estou mais completa"

Flagrada em exame antidoping, Duda Cowboyzinha é suspensa por 2 anos e cortada pelo UFC

Paulo Borrachinha ganha torcida de Bustamante e Anderson Silva para enfrentar Adesanya no UFC