MMA

Bellator 225 tem vitórias russas, triunfo de Gracie e finalização mais rápida da franquia

Filho de Royce Gracie, Khonry também não teve dificuldades para emplacar sua segunda vitória consecutiva na organização.

Por

Um card de altíssimo nível marcou o Bellator 225, realizado no último sábado (24), em Connecticut, nos Estados Unidos. Das 14 lutas da edição, nenhuma delas foram para a decisão dos árbitros, com sete nocautes e sete finalizações. Na luta principal do grande show, o russo Sergei Kharitonov, em novo combate contra o ex-UFC Matt Mitrione, derrotou o americano por nocaute técnico no segundo round, desfazendo a polêmica do primeiro duelo entre os atletas, que terminou em apenas 15 segundos, após um chute ilegal aplicado por Mitrione.

No co-main event, o também russo Vitaly Minakov precisou de menos de dois minutos para nocautear o americano Tim Johnson de maneira devastadora, após uma sequência de golpes brutais, que levaram à interrupção do árbitro, fazendo com que Minakov se recuperasse da última derrota sofrida para Cheick Kongo.

Filho de Royce Gracie, Khonry também não teve dificuldades para emplacar sua segunda vitória consecutiva na organização. Diante de Oscara Vera, o jovem lutador, de apenas 22 anos, aplicou um justo armlock para sair vencedor em quase três minutos de combate. O card também ficou marcado pela finalização mais rápida da história do evento, protagonizada por Aviv Gozali, que precisou de apenas 11 segundos para finalizar Eduard Muravitsky com uma chave de calcanhar.

O show não parou por aí. Outra finalização marcante foi a de Nick Newell. Conhecido por lutar MMA mesmo tendo má formação congênita em seu braço esquerdo, o americano deu show e, em sua estreia no Bellator, finalizou Corey Browning com um katagatame ainda no round inicial, empolgando os torcedores presentes.


Fonte: Tatame.com

Comentários (0)

Comentar

Destaques

ver blog →

Stephen Thompson prega respeito ao brasileiro Vicente Luque: "Não se pode subestimá-lo"

Escalado para lutar em Wembley, Luis Henrique KLB garante: "Vou finalizar no segundo round"

Colby Covington reclama de "bolsa de desafiante" oferecida pelo UFC: "Sou o campeão, não perdi"

Khabib Nurmagomedov finaliza Poirier e unifica títulos dos leves no UFC 242