UFC

Brandon Moreno minimiza atuação dominante de Deiveson Figueiredo e espeta: "Ele é lento"

Terceiro colocado do ranking dos moscas, "The Assassin Baby" afirma que merece ser o próximo desafiante ao cinturão do brasileiro e garante que tem mais agilidade e explosão que o paraense.

Por

Deiveson Figueiredo conquistou o cinturão peso-mosca do UFC no último sábado ao finalizar Joseph Benavidez no primeiro round, na Ilha da Luta, em Abu Dhabi. E, agora, o brasileiro experimenta a condição de "alvo" dos candidatos à disputa do título. Terceiro colocado no ranking da categoria - logo atrás do americano, derrotado pelo paraense -, Brandon Moreno afirma que é o próximo da fila e criticou a vontade do atual campeão de subir de divisão.

- Está claro quem é o próximo, sou eu. Se o Alexandre Pantoja tivesse vencido (o Askarov), teria um ótimo argumento a seu favor. É uma luta clara para seguir a categoria dos moscas. Na coletiva de imprensa depois do evento, Deiveson disse coisas idiotas de subir para os galos, mas rezo para que ninguém o ouça, para que ele possa ficar e defender seu cinturão - comentou "The Assassin Baby", em entrevista ao site "MMA Junkie".

Embora Deiveson Figueiredo tenha apresentando um desempenho irretocável diante de Benavidez - que sofreu knockdowns e foi finalizado pela primeira vez em 14 anos de carreira -, Moreno declarou que o "Deus da Guerra" é lento e minimizou sua performance.

- Apesar de ter sido dominante e até impressionante (para alguns), não me senti impressionado. Acho que o Benavidez não estava mentalmente pronto. Já aconteceu comigo, de acordar no dia da luta me sentindo preparado e forte, mas no octógono alguma coisa acontece com a minha cabeça, meus nervos ficam à flor da pele e a cabeça muda. Provavelmente isso aconteceu com Benavidez. Ele não se sentiu 100% pronto no exato momento, por isso Figueiredo pareceu tão dominante. Figueiredo tem potência nas mãos, é muito forte, mas, pessoalmente, é um lutador lento. Sou muito mais rápido, mais explosivo e isso me dará vantagem na luta - encerrou o atleta, que gostaria de enfrentar o canarinho em novembro.

Brandon Moreno estreou no UFC em 2016, emplacando três vitórias seguidas, porém, foi freado por Sergio Pettis e Alexandre Pantoja. Em 2019, emplacou duas vitórias e um empate e, em março deste ano, pelo UFC Brasília, venceu Jussier Formiga, único algoz da carreira de Deiveson Figueiredo, por pontos.

Fonte: Combate.com

Comentários (0)

Comentar

Destaques

ver blog →

Renan Barão assina com o Taura MMA e fará estreia no dia 21 de novembro, em Atlantic City

Próxima desafiante, Jennifer Maia prevê "espetáculo de luta" contra Valentina Shevchenko

Marcus Buchecha assina contrato com a companhia asiática ONE Championship

Vitor Belfort dá recado direto a Wanderlei Silva: "Você vai levar uma surra merecida"