UFC

Campeão do UFC, Charles do Bronx dispara: "Conor, se preocupa com Dustin. Depois a gente conversa"

Novo campeão peso-leve do UFC se deleita com provocação do irlandês, e desafia: "Conor, já que você é tão brabão assim, bate no Dustin e vem lutar na minha terra, no Brasil. Vai cair sentado".

Por

Era possível identificar no semblante de Charles do Bronx, ainda que de óculos escuros, um misto de alívio, alegria e êxtase, durante a coletiva no UFC 262 na madrugada de domingo, já com seu cinturão do peso-leve (até 70,3kg) à frente na mesa. Em meio a diversas perguntas, uma delas claramente mexeu com o brasileiro. Quando lhe foi dito que Conor McGregor o havia parabenizado pela conquista, Do Bronx abriu um largo sorriso. Por muitas vezes, ele desafiou o irlandês e seus pedidos foram ironizados. Agora, chegou o momento em que Conor McGregor foi até o brasileiro.

- Conor, se preocupa com Dustin. Depois a gente conversa - disparou Charles do Bronx na primeira reação, após ouvir que depois de ser parabenizado, o irlandês indagou quem seria o 12° campeão da história categoria, ou seja, o próximo depois do brasileiro.

Na sequência, Charles foi perguntado sobre um possível encontro com Conor McGregor no Brasil, numa defesa de título. O brasileiro então propôs o desafio ao falastrão ex-campeão da divisão.

- Seria maravilhoso, imagina... Conor, já que você é tão brabão assim, bate no Dustin e vem lutar na minha terra, no Brasil. Você vai cair sentado na minha frente, amigo - disparou, antes de completar.

- Ele tem que passar primeiro pelo Dustin para falar alguma coisa, é mais um desses caras que ficam falando e enchendo linguiça por aí.

Mas agora no posto de dono do cinturão, Charles avisou que vai esperar pela definição do próximo adversário enquanto aproveita a nova conquista. No dia 10 de julho, no UFC 264, Dustin Poirier e Conor McGregor fazem uma trilogia que pode definir o próximo rival do brasileiro.

- Batalhei bastante para chegar aqui, agora eles que têm que batalhar para poder chegar. Todo mundo tem falado da luta de Dustin Poirier e Conor McGregor, e vamos esperar, vamos ver quem vai ser. Meu empresário vai trabalhar sobre isso, mas só quero ir para casa descansar, curtir um pouco esse cinturão, e vamos ver quem é o próximo.


Fonte: Combate.com

Comentários (0)

Comentar

Destaques

ver blog →

Amanda Nunes testa positivo para Covid-19 e luta com Julianna Peña é cancelada

Patrício Pitbull não vê luta com McKee como maior da história do Bellator e quer ter três cinturões

TJ Dillashaw manda recado a Sterling e a Petr Yan: "Quero meu cinturão de volta"

Miesha Tate aparece em oitavo no ranking do UFC após vitória contra Reneau