UFC

Dana White aprova revanche entre Whittaker e Adesanya: "É a luta que faz sentido agora"

Presidente do UFC diz que nigeriano campeão peso-médio tem algumas possibilidades, mas não fecha a porta para a revanche. Whittaker aprova a ideia, mas prioriza Natal e nascimento de filho.

Por

Depois de perder o cinturão dos médios (até 84kg) em outubro de 2019, um ano depois Robert Whittaker soma duas vitórias e já se candidata novamente ao título, possivelmente numa nova revanche com Israel Adesanya. No último sábado, o australiano venceu Jared Cannonier por decisão unânime, e ganhou o apoio de Dana White para que encontre novamente o nigeriano atual campeão da categoria.

- Para mim tem baste apelo, é a luta que faz sentido agora. Mas, como eu disse, Adesanya tem várias opções, mas a luta que faz mais sentido agora é o Whittaker (...). Achei que o Cannonier seria um desafio mais difícil para ele, que aparentou estar bem hoje. Então, a luta com Adesanya faz sentido - disse o presidente do UFC na coletiva após o evento em Abu Dhabi, no encerramento da segunda temporada da Ilha da Luta.

Depois disso, o próprio Robert Whittaker falou sobre o assunto e não escondeu o desejo de uma revanche. No entanto, o plano agora é voltar para casa, passar o Natal com a família e esperar a chegada do quarto filho.

- Sim (risos). Ele é um lutador duro, cara. É uma luta dura, ele é tão bom... E ele pareceu melhor em suas últimas lutas. E o fato de ele já ter me vencido uma vez... Mas sinto que tenho alguns truques que posso usar. Mas, honestamente, sei que ele está tentando fazer todo o resto e é bom para ele isso, e eu não estou pensando nisso. Talvez ele não deva pensar nisso por um tempo, ele pode subir para o meio-pesado ou peso-pesado, ou qualquer coisa, isso não me incomoda. Meus planos são o Natal e meu bebê. E quem sabe nossos caminhos se cruzarão.

No UFC 243, em Melbourne, Whittaker foi dominado por Adesanya e acabou nocauteado no segundo round. O australiano reforçou o desejo de uma revanche.

- Quero sim lutar com ele um dia, mesmo sendo ou na minha carreira ou no estacionamento, como dois tiozões algum dia. Acho que nossos caminhos vão se cruzar novamente. E isso é de guerreiro, é algo que preciso fazer. Mas não estou preocupado com quem vou lutar na próxima, minha mentalidade para esse jogo é: você coloca na minha frente, e vou nocautear. Sou muito bom nisso.

Fonte: Combate.com

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaques

ver blog →

Curtis Blaydes menospreza Derrick Lewis: "Ele é previsível, só tem um golpe"

Deiveson Figueiredo revela mágoa com Brandon Moreno: "Não vejo nível nele. Vou nocautear"

Maurício Shogun prega respeito a Paul Craig, e garante: “Nunca estive tão bem no UFC”

Glorinha de Paula vence e assina com o UFC, contender series termina com 37 contratados