Nocaute

Gamebred: Cigano nocauteia Belcher e conquista cinturão

Junior Cigano adicionou mais um cinturão pra sua coleção. O brasileiro foi o desafiante na luta principal do Gamebred Barekncukle […]

Gamebred: Cigano nocauteia Belcher e conquista cinturão

Junior Cigano adicionou mais um cinturão pra sua coleção. O brasileiro foi o desafiante na luta principal do Gamebred Barekncukle MMA, que foi realizado neste sábado, em Orlando, nos Estados Unidos, e encarou Alan Belcher, o dono do título até então. Em uma grande atuação, num combate bastante sangrento, Cigano nocauteou seu oponente e levou o cinturão para casa.

Cigano estreou no evento em setembro do ano passado, quando derrotou Fabrício Werdum por decisão unânime. Com a vitória, ele ganhou o direito de lutar pelo título dos pesos-pesados, conquistado por Belcher após vencer Roy Nelson, em novembro.

E não faltou emoção no combate. Nem sangue.

Belcher começou a luta tomando o centro do cage e pressionando o brasileiro, que se movimentava bastante para não se tornar um alvo do seu oponente. Apesar de não acertarem golpes tão contundentes, alguns deles já foram o suficiente para abrirem alguns cortes no rosto do americano e um sangramento no nariz de Cigano.

Se o primeiro round foi equilibrado, o segundo foi um passeio do ex-campeão do UFC.

Cigano trocou alguns golpes em pé e logo depois derrubou seu oponente, onde o castigou no ground and pound, minando o gás do campeão. Nos instantes finais, Cigano se levantou e Belcher aproveitou para ficar em pé, mas se descuidou da guarda na levantada e levou uma esquerda certeira do oponente, indo a knockdown. O brasileiro ainda emendou com uma sequência de socos até o árbitro interromper e decretar o nocaute técnico.

– Trabalho muito duro pra estar aqui e amo isso daqui. Estou muito feliz – vibrou o novo campeão.

O outro brasileiro no card foi Handesson Ferreira, que teve pela frente Karl Roberson. Melhor em boa parte da luta, tanto na trocação quanto no solo, onde chegou perto de finalizar em algumas oportunidades, Handesson levou a vitória por decisão unânime dos juízes.

Na co-luta principal da noite, Chase Sherman aplicou um belo nocaute em Alex Nicholson e entrou no radar pelo título dos pesos-pesados.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Combate

COMPARTILHE

Bombando em Nocaute

1

Nocaute

Jiri Prochazka pede revanche com Alex Poatan “o mais rápido possível”

2

Nocaute

“Pensei que tinha apagado”, diz Charles do Bronx sobre Tsarukyan no UFC 300

3

Nocaute

UFC 300: Poatan nocauteia Jamahal Hill no primeiro round e pede vaga no UFC Rio

4

Nocaute

PFL: após “correria” em 2023, Bruno Robusto aposta no planejamento para faturar título

5

Nocaute

Patricky Pitbull sobre rival na estreia na PFL: “Espero que caia babando”