UFC

Leon Edwards testa positivo para Covid-19 e luta contra Khamzat Chimaev é cancelada

Lutador jamaicano teria caso "severo" da doença. Companhia estuda remarcar duelo no início de 2021.

Por

A onda de casos de Covid-19 que cancelou eventos principais do UFC fez mais uma vítima nesta terça-feira. Agora foi a luta principal do último evento do ano: o jamaicano radicado na Inglaterra Leon Edwards testou positivo para o novo coronavírus. Seu confronto com o russo Khamzat Chimaev, que seria o principal do card de 19 de dezembro, último do Ultimate no ano, foi cancelado e será remarcado para outra data.

O site "Espn.com" foi o primeiro a noticiar o cancelamento. Segundo o veículo, o caso de Edwards foi "severo" e ele perdeu mais de 5kg em quatro dias. O jamaicano está em casa se recuperando. A intenção do UFC é remarcar a luta para o início de 2021, mas ainda não há uma data definida.

Edwards, 29, não lutou em 2020. O jamaicano tinha luta marcada contra Tyron Woodley em 21 de março, mas o evento foi o primeiro a ser cancelado por conta das medidas de combate ao coronavírus. "Rocky" tem um cartel de 18 vitórias e três derrotas e venceu suas últimas oito lutas no UFC. Chimaev, 26, está invicto em nove lutas profissionais, incluindo três no Ultimate, todas em 2020. A forma dominante como se apresentou até aqui no octógono o tornou a sensação do evento.

O UFC deve promover a co-luta principal, entre Stephen Thompson e Geoff Neal, para a posição de destaque do card. É o quarto evento seguido a perder a luta principal: o UFC do último sábado teve Curtis Blaydes infectado por covid-19; o do próximo sábado viu Kevin Holland, também com covid, substituído por Marvin Vettori; e o UFC 255 de 12 de dezembro perdeu duas disputas de cinturão, mas por lesão de Amanda Nunes e problemas de visto com Petr Yan.

Comentários (0)

Comentar

Destaques

ver blog →

Shevchenko diz que sabe tudo sobre Jéssica Bate-Estaca e promete levar o caos ao octógono

Jéssica Bate-Estaca aposta no chão para bater Valentina: "É o ponto fraco dela"

McGregor ameaça cancelar trilogia com Poirier após bate-boca com americano

Holly Holm espera revanche com Miesha Tate no UFC: "Sempre gosto de vingar as derrotas"