Nocaute

Ngannou diz não ter arrependimentos de luta contra Anthony Joshua

Em sua segunda luta no boxe profissional, Francis Ngannou acabou nocauteado por Anthony Joshua no segundo round, em Riad, na […]

Ngannou diz não ter arrependimentos de luta contra Anthony Joshua

Em sua segunda luta no boxe profissional, Francis Ngannou acabou nocauteado por Anthony Joshua no segundo round, em Riad, na Arábia Saudita. O lutador camaronês, ex-campeão peso-pesado do UFC, vinha de um bom duelo com Tyson Fury na estreia na modalidade. No entanto, ao contrário de sua primeira exibição, Ngannou não conseguiu colocar em prática o que pretendia contra Joshua. Mesmo assim, acredita ter feito o possível para buscar a vitória.

– Eu estava na minha melhor condição. O melhor. Mesmo que tivéssemos que começar tudo de novo, eu realmente não vejo nada que deveria ter feito diferente. Fizemos um bom camp de treinamento em Riad e tudo correu bem, exceto aquele dia de luta onde as coisas foram muito estranhas – disse Francis Ngannou em entrevista ao “The MMA Hour”.

Após o revés para Joshua, ex-campeão peso-pesado de quatro organizações na nobre arte, Francis recebeu algumas críticas por ter usado a esquerda como base, uma estratégia que pode ter sido crucial para o competidor sofrer o primeiro knockdown.

– Agora que perdi a luta, podemos dizer qualquer coisa que fiz de errado. Trabalhamos em tudo e deu tudo certo. Isso tudo foi minha escolha. Mesmo na base canhota, minha defesa é mais afiada que a ortodoxa. Na base canhota, levar um golpe com o dorso direito é uma coisa que no sparring nunca aconteceu, e já estive lá tantas vezes praticando – continuou o camaronês.

Além disso, o atleta admitiu ter se sentindo mal momentos antes de subir ao ringue e disse não se lembrar de nada além do primeiro round.

– Foi um dia estranho, foi uma noite estranha. Estava cansado, fiquei quatro horas e meia no vestiário esperando, me aquecendo. Parecia que estava dormindo. Quando a luta começou, eu nunca estive lá. Mesmo no primeiro minuto, quando fui atingido pelo primeiro soco, fiquei mais surpreso com o fato de estar caindo com aquele soco do que com o soco em si – concluiu Ngannou.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Combate

COMPARTILHE

Bombando em Nocaute

1

Nocaute

“Pensei que tinha apagado”, diz Charles do Bronx sobre Tsarukyan no UFC 300

2

Nocaute

UFC 300: Poatan nocauteia Jamahal Hill no primeiro round e pede vaga no UFC Rio

3

Nocaute

PFL: após “correria” em 2023, Bruno Robusto aposta no planejamento para faturar título

4

Nocaute

Patricky Pitbull sobre rival na estreia na PFL: “Espero que caia babando”

5

Nocaute

Jon Jones diz que agente antidoping inventou história sobre agressão