Nocaute

Tom Aspinall promete surpresas a Curtis Blaydes: “Ele não tem ideia do que vou fazer”

Lutador inglês diz que seu pouco tempo no octógono é uma arma para que sempre possa mostrar novidades em seu jogo.

Tom Aspinall promete surpresas a Curtis Blaydes: "Ele não tem ideia do que vou fazer"

Tom Aspinall fará a luta principal do UFC deste sábado, em Londres, contra Curtis Blaydes, em uma aguardada disputa de pesos-pesados. Em entrevista ao Combate, Aspinall garantiu que está chegando em ótima forma para o duelo.

– Estou me sentindo muito bem. Tenho me mantido bem ativo recentemente, então essa é mais uma outra semana de trabalho pra mim. Eu sei o que fazer, como me preparar mentalmente, fisicamente e tudo mais. Eu sei exatamente como vai ser, então é uma semana normal de luta para mim, mas estou muito agradecido por estar nessa luta, porque significa que estou vivendo meu sonho. Por isso fico muito grato por cada momento. Seria um grande momento fazer uma luta principal do UFC sob quaisquer circunstâncias, sendo em casa ou não, mas lutar em casa é um grande momento em dobro, especialmente pela segunda vez no mesmo ano. Estou ansioso por isso.

Sexto colocado no ranking do UFC, Aspinall enfrentará um adversário que está duas posições acima da sua, e reconhece a dureza que terá pela frente. Segundo ele, outros lutadores não toparam enfrentar seu adversário deste sábado.

– Com certeza esta é a luta mais importante da minha carreira. Acho que ele tem um estilo bem difícil, o estilo dele complica todo mundo, e os matchmakers do UFC me falaram que ninguém quer lutar com Curtis Blaydes. Eles ofereceram essa luta e muita gente disse não, então é um grande negócio eu aceitar uma luta que ninguém quis.

– Ele já enfrentou grandes desafios, teve várias lutas de alto nível, mas o maior desafio que eu trago pra ele nessa luta é que ele não tem ideia do que eu vou fazer, porque meu tempo de octógono é muito curto. Eu realmente ainda não mostrei muito do meu jogo, e ninguém sabe como é meu jogo de verdade, porque cada uma das minhas lutas eu encerrei de uma maneira diferente. Então acho que ele não tem ideia de quem realmente eu sou, o que vou fazer, e isso é uma grande vantagem para mim.

Aspinall venceu os cinco combates que fez no UFC, e todos foram no primeiro round. O lutador avisa que quer manter o retrospecto e não pensa estar no octógono durante 25 minutos contra Blaydes.

– Eu não quero chegar ao quinto round, mas, com certeza, se ele quiser, estarei preparado para isso. E eu acredito que ele pense o mesmo, não acho que alguém realmente queira fazer uma luta completa de cinco rounds. Se você pode nocautear em cinco segundos ao invés de fazer uma luta de 25 minutos, acho que a maioria das pessoas iria preferir isso, mas estou preparado para lutar os cinco rounds se for preciso.

Caso consiga sua sexta vitória na organização, o lutador deve subir mais alguns degraus no ranking da categoria, mas ele garante que ainda não pensa em uma disputa de cinturão.

– Honestamente, não estou muito preocupado com isso. Não estou interessado nisso. Eu vou estar nesse esporte pelos próximos 10 anos, provavelmente, então realmente não estou muito preocupado com o título agora. Estou só esperando o momento certo. Vou lutar com todo mundo de qualquer maneira, então não importa a ordem, contra quem vai ser, isso realmente não é importante para mim. Vou lutar com todo mundo.

Fonte: Combate.com

COMPARTILHE

Bombando em Nocaute

1

Nocaute

Bellator 302: Patrício Pitbull defende cinturão contra Jeremy Kennedy

2

Nocaute

“Luta mesmo não teve”, diz Junior Cigano sobre Popó x Bambam

3

Nocaute

Claressa Shields provoca Cris Cyborg: “Ela não pode me vencer”

4

Nocaute

Popó x Bambam: tetracampeão nocauteia ex-BBB em 36 segundos

5

Nocaute

PFL x Bellator: Mike Tyson entregará novo cinturão e anel a vencedores