UFC

Ultimate encaminha duelo entre Jéssica Bate-Estaca e Katlyn Chookagian para outubro

A adversária da brasileira seria Jessica Eye, mas a lutadora vem lidando com algumas lesões e não estará apta para o duelo nesta data.

Por

Ex-campeã peso-palha do UFC, Jéssica Bate-Estaca está mudando de categoria no evento e já tem data para sua estreia. A brasileira vai encarar Katlyn Chookagian no dia 17 de outubro, pela divisão dos moscas, em evento ainda sem local anunciado. O combate, já acertado verbalmente, foi divulgado pelo “MMA Junkie”.

A adversária da brasileira seria Jessica Eye, mas a lutadora vem lidando com algumas lesões e não estará apta para o duelo nesta data.

Chookagian é atualmente a número um do ranking peso-mosca feminino do UFC. A americana vem de vitória sobre Antonina Shevchenko, em maio. Antes desta luta, ela enfrentou a campeã, Valentina Shevchenko, irmã de Antonina, e acabou derrotada por nocaute técnico, em fevereiro.

Já a brasileira vem de duas derrotas seguidas. Em agosto do ano passado, foi superada por Weili Zhang, perdendo seu título da divisão dos palhas. No último mês de julho, acabou sendo superada em uma decisão dividida por Rose Namajunas.

UFC       
17 de outubro de 2020, em local a ser anunciado
CARD DO EVENTO (até o momento):       
Peso-pena: Chan Sung Jung x Brian Ortega
Peso-mosca: Katlyn Chookagian x Jéssica Bate-Estaca
Peso-mosca: Poliana Botelho x Gillian Robertson
Peso-meio-pesado: Jimmy Crute x Modestas Bukauskas
Peso-meio-médio: Cláudio Hannibal x Muslim Salikhov
Peso-médio: John Phillips x Jun Yong Park
Peso-leve: Renato Moicano x Magomed Mustafaev


Fonte: Combate.com

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaques

ver blog →

Treinador e córner de Ketlen Vieira, Dedé Pederneiras é diagnosticado com Covid-19

Ketlen Vieira afirma que evoluiu após primeira derrota: "Estou mais completa"

Flagrada em exame antidoping, Duda Cowboyzinha é suspensa por 2 anos e cortada pelo UFC

Paulo Borrachinha ganha torcida de Bustamante e Anderson Silva para enfrentar Adesanya no UFC