UFC

Usman rebate críticos por atuação contra Masvidal: “Talvez precisem lutar com ele por 25 minutos”

Campeão dos meio-médios derrotou Jorge Masvidal na decisão dos jurados na luta principal do UFC 251 neste sábado.

Por

Kamaru Usman dominou o duelo contra Jorge Masvidal neste sábado, no UFC 251, na Ilha da Luta, em Abu Dhabi, e manteve seu reinado na divisão dos meio-médios.

A atuação do campeão não foi das mais empolgantes e, logo após o duelo, ele rebateu as críticas sobre seu desempenho em entrevista para a imprensa, e disse que o astro do boxe, Floyd Mayweather, também sofreu o mesmo tipo de comentários.

- Talvez eles (os críticos) precisem ir lá e lutar com Jorge Masvidal por 25 minutos, e então falarem alguma coisa. Bem, é isso. Houve um tempo onde as pessoas começaram a odiar o Floyd Mayweather porque ele era muito dominante. Sua defesa era muito boa. Ele era muito bom no que fazia. Nós podemos concordar com isso. Ele era bom demais. Todo mundo dizia algo como “Oh, que chato, ele não está lutando”, porque eles não estavam vendo uma briga de bar.

O campeão justificou sua estratégia durante os cinco rounds dizendo que não gosta de correr riscos.

- Estamos arriscando nossas vidas lá. Qual é o sentido de treinar todo dia e então ir lá para sair brigando e trocando socos? Você treina para fazer alguém errar, para controlar alguém de uma certa maneira. É para isso que o treinamento é feito, então não é só ir lá e ser atacado à vontade. Eu faço isso melhor do que ninguém.

Após trocarem farpas durante muito tempo até finalmente se enfrentarem no octógono, Usman e Masvidal se cumprimentaram e conversaram após a luta, demonstrando respeito entre eles. O campeão explicou aquele momento e disse que espera enfrentá-lo novamente.

- É apenas respeito mútuo. É difícil não respeitar um cara quando você passa 25 minutos no octógono trocando socos no rosto. Nós dois sentimos que faremos isso de novo. Com certeza. Eu gostaria de ter mais tempo para me preparar para um cara como ele, e realmente ser capaz de dominar da maneira que eu quiser.

Fonte: combate.com

Comentários (0)

Comentar

Destaques

ver blog →

Renan Barão assina com o Taura MMA e fará estreia no dia 21 de novembro, em Atlantic City

Próxima desafiante, Jennifer Maia prevê "espetáculo de luta" contra Valentina Shevchenko

Marcus Buchecha assina contrato com a companhia asiática ONE Championship

Vitor Belfort dá recado direto a Wanderlei Silva: "Você vai levar uma surra merecida"