UFC

Wanderlei Silva rebate desafio de Belfort e avisa: “Se te encontrar, posso meter a mão na sua cara”

Lutadores trocam provocações em redes sociais e podem reeditar duelo que aconteceu em 1998 no UFC.

Por

Rivais de longa data, Wanderlei Silva e Vitor Belfort aumentaram o tom nas trocas de provocações em suas redes sociais nos últimos dias.

Belfort, que nocauteou Wanderlei no UFC em 1998, relembrou o duelo em um post no último domingo e disse que iria nocautear novamente o lutador curitibano.

- Seu falastrão, segue o vídeo da última vez que nos encontramos. Você sempre representou a briga e eu a arte marcial. Você literalmente representa esses bullies que maltratam seus colegas. Mas comigo não funciona, seu bunda mole. Todos sabemos que por trás daqueles que ferem, existe sempre uma pessoa ferida. Por isso vou te dar uma terapia de graça, depois de te dar um nocaute. Vai treinar e para de produzir fake news. Além do mais, aqui vai uma dica pra você: esquece de política, Wand. Você com certeza não tem cérebro para isso.

Nesta terça, Wanderlei também usou suas redes sociais para rebater o “Fenômeno” e incendiou de vez a rivalidade.

- Desafio aceito. Já resolvi tudo aqui em Curitiba, agora posso voltar a correr atrás de você, corrido. Luto no seu evento, nas suas regras, escolha a data e o dia logo. Se me ver por aí, faça como fez aquele dia em Las Vegas, quando te dei uma intimada no corredor do Hotel e você amarelou. O Thiago Silva estava comigo e viu tudo, e você como sempre começou a falar fino, com cara de medo, seu bunda mole. Ou quer fazer à moda antiga, só eu e você a portas fechadas? Tem coragem, frouxo? Envie o local e não me venha com esse papo de profissionalismo, que antes de ser lutador sou homem, coisa que você não é. E como dizia meu pai, “com homem não se brinca”. Você tá ligado que se te encontrar posso meter a mão na tua cara pelo monte de besteira que está falando, “guerreiro do teclado”! Já já a gente se cruza, fica tranquilo. Desculpe os mais “sensíveis”, mas sou assim mesmo, aqui só os extremos.

Na primeira vez em que se enfrentaram, Belfort nocauteou Wanderlei em 44 segundos no UFC Brasil, em São Paulo, em 1998. Em 2012, eles foram treinadores da segunda temporada do reality “The Ultimate Fighter – Brasil” e uma revanche chegou a ser marcada, mas Belfort lesionou a mão e acabou cortado do duelo.



Fonte: combate.com

Comentários (0)

Comentar

Destaques

ver blog →

UFC marca duelo brasileiro entre Thiago Marreta e Glover Teixeira para 12 de setembro

Gilbert Durinho revela bastidores de teste positivo e volta para casa no "Coronamóvel"

Pedro Munhoz testa positivo para Covid-19 e está fora de luta contra Frankie Edgar pelo UFC

Jorge Masvidal substitui Durinho e vai enfrentar o campeão Kamaru Usman no UFC 251 na Ilha da Luta