Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Dívida ativa

Bolsonaro deve R$ 80 mil por não usar máscara no Maranhão

O Maranhão já o inscreveu na dívida ativa do estado por causa de uma multa de R$ 80 mil, valor que pode vir a ser cobrado judicialmente.

Bolsonaro esteve na cidade de Açailândia (MA) para entregar 287 títulos de propriedade rural no dia 21 de maio deste ano. (Foto: Reprodução)

Por

SÃO PAULO — O hábito de circular pelo país sem máscara e de promover aglomerações mesmo em momentos críticos da pandemia da Covid-19 pode pesar no bolso do presidente Jair Bolsonaro. O Maranhão já o inscreveu na dívida ativa do estado por causa de uma multa de R$ 80 mil, valor que pode vir a ser cobrado judicialmente. Há ainda autuações não pagas em São Paulo que podem somar R$ 3.868,97, no mínimo, segundo cálculos do GLOBO.

Bolsonaro esteve na cidade de Açailândia (MA) para entregar 287 títulos de propriedade rural no dia 21 de maio deste ano. Como de costume, o presidente, sem máscara, cumprimentou apoiadores que se aglomeravam atrás de uma grade de proteção, e, no discurso, fez críticas ao governador e seu adversário político Flávio Dino, na época no PCdoB.

Um decreto estadual proibia a realização de eventos com mais de cem pessoas. O auto de infração diz que fotos e vídeos não deixam dúvida de que Bolsonaro cometeu “transgressões da legislação sanitária vigente”. Foi ainda considerado que houve agravante porque, supostamente, ele agiu com dolo (intenção). O presidente tinha até o início de agosto para pagar os R$ 80 mil. Como não o fez, foi inscrito na dívida ativa. Caso não pague, entra em execução judicial.

Em São Paulo, as multas contra Bolsonaro foram aplicadas duas vezes na capital e nos municípios de Sorocaba, Presidente Prudente, Iporanga, Eldorado e Ribeira. A última autuação aconteceu durante os atos do dia 7 de setembro, na Avenida Paulista.


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Bolsonaro revela para quem vai torcer na final da Libertadores: ‘Somos todos Flamengo’

Sexo, trapalhadas e embriaguez: cenas de show de João Gomes no RN viralizam nas redes sociais

Brasil fechará fronteiras aéreas para seis países da África a partir de segunda, diz Casa Civil

Segunda Turma do STF derruba bloqueio de bens de Lula em processos da Lava Jato