Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Brasil

Bolsonaro faz live usando máscara e fala em adiar manifestações de domingo

"Todos que estiveram no voo coletaram [sangue para o teste] e ainda não tem resultado. Nas próximas horas deve sair o resultado", completou

O presidente Jair Bolsonaro ao lado do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (Foto: Reprodução)

Por

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) apareceu em sua live semanal no Facebook usando máscara nesta quinta-feira (12). Ele estava ao lado do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e de uma intérprete de Libras, que também estavam de máscaras.


O presidente falou que a população não deveria ir às ruas no próximo domingo (15), e considerou que as manifestações pró-governo devem ser adiadas para outro momento.


"Estou usando máscara, porque na recente viagem que fizemos para os Estados Unidos, uma das pessoas, quando desceu em São Paulo, fez exames e deu positivo [para o coronavírus]", justificou o presidente.

Na tarde desta quinta-feira (12), o chefe da Secretaria de Comunicação da Presidência, Fabio Wajngarten foi diagnosticado com o coronavírus.

"Todos que estiveram no voo coletaram [sangue para o teste] e ainda não tem resultado. Nas próximas horas deve sair o resultado", completou.

LEIA MAIS: "Ele acha que pode estar doente", diz ex-deputado sobre Bolsonaro

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Noivos passam mal antes do casamento, e ex-namorada é suspeita de envenenar casal

Covid-19: Brasil tem 15,7 mil novos casos e 537 mortes em 24 horas

Polícia Federal recupera garrafas de vinho, avaliadas em R$ 60 mil, furtadas do Ministério das Relações Exteriores

Uber diz que baniu 1.600 motoristas por cancelamento de viagem