Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

CPI Covid

CPI aprova convocação de empresário bolsonarista Luciano Hang e advogada de médicos da Prevent

O requerimento do relator Renan Calheiros (MDB-AL) foi apresentado durante a sessão desta quinta-feira (23).

Hang é apontado como membro do chamado "gabinete paralelo". O empresário defende práticas negacionistas no enfrentamento, entre elas o tratamento precoce. (Foto: Reprodução)

Por

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) — Os senadores da CPI da Covid aprovaram requerimento de convocação do empresário bolsonarista Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan.

O requerimento do relator Renan Calheiros (MDB-AL) foi apresentado durante a sessão desta quinta-feira (23), que considerou "fundamental" ouvi-lo antes do encerramento dos trabalhos da pandemia.

Hang é apontado como membro do chamado "gabinete paralelo". O empresário defende práticas negacionistas no enfrentamento, entre elas o tratamento precoce.

A mãe dele, que morreu de Covid-19, foi tratada em hospital da rede Prevent Senior. Após a sua morte, o empresário usou suas redes sociais afirmando que ela poderia estar viva se tivesse recebido os medicamentos do tratamento precoce. No entanto, prontuário médico, em poder da CPI da Covid, mostra que ela recebeu os medicamentos do kit Covid.

O depoimento do empresário deverá ser realizado na quarta-feira (29).

Os senadores também aprovaram requerimento de convocação da advogada Bruna Morato, que representa os médicos e ex-médicos da Prevent Senior que fazem denúncias contra a operadora de saúde.

Os médicos organizaram um dossiê no qual denunciam que os hospitais da rede Prevent Senior eram usados como laboratórios para estudos com hidroxicloroquina e outros medicamentos do Kit Covid. Os pacientes e familiares não seriam informados da aplicação da medicação.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

'Tudo é homofobia, tudo é feminismo', ironiza Bolsonaro sobre punição a Maurício Souza

Polícia Federal faz buscas para apurar fraudes na superintendência do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro

Bolsonaro critica TSE e diz que ação sobre cassação de chapa deveria ser arquivada sem julgamento

CPI Covid: PGR pretende fatiar relatório para ações em curso no Ministério Público Federal