Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Brasil

‘É inimaginável. Não quero falar dele’, diz filho de casal morto em apartamento sobre o ex, preso pelo crime

Corpos dos dois aposentados estão previstos para chegar à capital cearense na terça (28). Felipe Coelho ainda não decidiu se permanecerá morando no Rio.

Filho do casal de idosos mortos em um apartamento no Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio, falou sobre os pais antes de embarque para Fortaleza. (Foto: Reprodução/ TV Globo)

Por

O filho do casal de idosos mortos em um apartamento no Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio, na madrugada de sábado (25), fez questão de destacar que os pais eram pessoas amorosas.

Durante o embarque para Fortaleza, cidade-natal de Geraldo Coelho, 73 anos, e Osélia Coelho, 72 anos, o professor de inglês Felipe Coelho não quis falar muito sobre o suspeito do crime, o ex-namorado.

“Isso é além de qualquer racionalidade, de qualquer previsibilidade, de qualquer indício da possibilidade. É inimaginável. Não quero falar dele”, afirmou.

Os corpos aposentados devem chegar à capital cearense na terça (28). O enterro será no Cemitério Jardim Metropolitano.

“Foram muitas pessoas afetadas. Uma família inteira completamente desolada, sem chão”, disse Felipe.

Felipe ainda não decidiu se permanecerá morando no Rio de Janeiro.Ele disse que vai pensar no assunto nos próximos dias.

“Eu não sei o que vou fazer agora, vou ficar um tempo com a minha família. E vou pensar. Eu tenho um trabalho, não tenho condições, tenho os meus alunos”, disse.

Felipe contou que os pais estavam felizes com a visita ao Rio de Janeiro, cidade onde viveram durante a década de 60. Imagens da viagem mostram os idosos sorridentes nos passeios em pontos turísticos: praias, Lagoa Rodrigo de Freitas, Cristo Redentor e o Parque Lage.

Professor de inglês e influenciador digital Felipe Coelho define os pais como o alicerce da família — Foto: Felipe Coelho/ Arquivo pessoal

“Eles se complementavam, pois meu pai era supertranquilo e gostava de ficar em casa. Minha mãe gostava de sair, de passear, adorava viajar. Eles estavam adorando os passeios”, lembrou Felipe.

Militar é transferido de hospital

O suspeito do crime, o militar da Marinha Cristiano Lacerda, de 49 anos, foi transferido do Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, na Zona Sul, para o Hospital Naval Marcílio Dias, no Lins, na Zona Norte, onde está sob custódia.

De acordo com as investigações, Felipe e Cristiano ainda moravam juntos no mesmo apartamento, apesar de já estarem em processo de separação.

O motivo para o fim do relacionamento seria uma briga, ocorrida há dois meses, na qual Cristiano teria agredido Felipe.

Na noite da última sexta-feira (24), Cristiano teve uma crise de ciúmes porque Felipe saiu sozinho para uma festa em Ipanema, na Zona Sul. Para se vingar, ele teria matado os pais do ex-namorado, que estavam no apartamento dos dois.

Cristiano chegou a ligar para Felipe pedindo para que ele voltasse para casa, dizendo que a mãe dele estaria passando mal.

“Esperava chegar em casa e ver a minha mãe gripada, com tontura, enjoo, alguma coisa. Mas foi o pior dia da minha vida”, disse Felipe.

Quando o professor chegou em casa, os pais estavam mortos, deitados no sofá-cama na sala do apartamento.

Geraldo e Osélia Coelho no Cristo Redentor. Os dois foram mortos no sábado (25) em um apartamento na Zona Sul do Rio — Foto: Felipe Coelho/ Arquivo pessoal

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2022 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Macaco-prego é encontrado baleado e com fratura exposta em Santa Catarina

Bolsonaro vai discursar no local da facada em primeiro compromisso de campanha

Defesa diz que PM atirou na cabeça de campeão de jiu-jítsu pois foi cercado por 6 lutadores; advogado quer ainda laudo do corpo

'Estava pelado e se masturbando': Mulheres que acusam juiz relatam beijos, agarrões, pedido de foto de calcinha e assédio na webcam