Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Distrito Federal

Filho é suspeito de forjar o próprio sequestro para extorquir pai

Criminosos exigiram R$ 3,4 mil pelo resgate. Suposta vítima fugiu após chegada da polícia; dois comparsas foram presos no Sol Nascente.

Polícia Civil monitora suspeitos de forjar sequestro para extorquir dinheiro de idoso. (Foto: PCDF/Divulgação)

Por

Um jovem de 21 anos é suspeito de forjar o próprio sequestro para extorquir dinheiro do pai, um idoso de 64 anos. A suposta vítima foi localizada no Sol Nascente, nesta terça-feira (9), mas fugiu após a abordagem da Polícia Civil. Dois comparsas foram presos no Distrito Federal.

Foi o idoso quem procurou a delegacia para registrar a queixa sobre o suposto sequestro do filho, que estaria "amarrado em cativeiro". Os falsos sequestradores exigiram R$ 3,4 mil pelo resgate.

Após a vítima combinar com os suspeitos de realizar o pagamento no estacionamento de um supermercado de Ceilândia, a Polícia Civil montou uma operação e passou a monitorar o local.

Após duas horas, os agentes conseguiram identificar três pessoas "em atitude suspeita" e um deles era a suposta vítima. O valor exigido pelos criminosos não chegou a ser pago.

Durante a aproximação da polícia, o jovem de 21 anos conseguiu fugir. Ele não havia sido localizado até a publicação desta reportagem. Já a dupla detida foi levada para a carceragem da Polícia Civil. Se condenados, os suspeitos poderão pegar até 15 anos de prisão.

A investigação apontou que o rapaz de 21 anos, que forjou o próprio sequestro, usaria o dinheiro do resgate para pagar uma dívida. Ele também é suspeito de comandar um esquema que alugava motocicletas e, depois, vendia os veículos como se fossem seus.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Lewandowski autoriza estados a vacinar adolescentes contra covid-19

Ministro chama senadora de 'descontrolada', gera tumulto e se torna investigado pela CPI

Tempo vira no Rio de Janeiro, e ventania suspende a circulação de trens e fecha a Ponte Rio-Niterói

Ministro da CGU afirma que não houve superfaturamento na compra da Covaxin porque não teve pagamento