Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Jornalismo

Glenda Kozlowski deixa a Rede Globo após 23 anos na emissora

“O Esporte da Globo e Glenda Kozlowski optaram, em comum acordo, por não renovar o contrato”, informou em nota o canal.

Antes de se dedicar ao jornalismo esportivo, Glenda foi surfista de bodyboarding e ganhou cinco campeonatos nacionais e quatros campeonatos mundiais. (Foto: Reprodução)

Por

A jornalista global,  Glenda Kozlowski, famosa por ter sido uma das primeiras mulheres da atual geração a atuar no jornalismo esportivo nacional e internacional, decidiu sair da emissora. O anúncio foi feito pelo colunista Flávio Ricco, do UOL, neste sábado (18). 

A jornalista completou em 2019 mais de duas décadas de trabalho na empresa. Foram 23 anos na Globo, cobrindo olimpíadas, Copa do Mundo e grandes eventos esportivos, além de ter integrado o seleto quadro de âncoras do Globo Esporte, que é um dos programas mais antigos da emissora. 

Em nota a Globo oficializou a informação. “O Esporte da Globo e Glenda Kozlowski optaram, em comum acordo, por não renovar o contrato”.

Desde janeiro, a jornalista era apresentadora do Tá na Área, do SporTV. Ela dividia o programa com Fred Ring, que continuará a frente do programa.

Antes de se dedicar ao jornalismo esportivo, Glenda foi surfista de bodyboarding e ganhou cinco campeonatos nacionais e quatros campeonatos mundiais.

Ela entrou na Globo em 1996, onde atuou como repórter e apresentadora de programas como Esporte Espetacular e Globo Esporte. Também foi responsável por narrar os desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro de 2009 a 2013. Além disso, cobriu Olimpíadas e Copas do Mundo.

Outros vários jornalistas deixaram a Globo neste ano, como Mauro Naves, Ivan Moré e Dony de Nuccio. Muitos deles foram contratados pela CNN, caso de Cris Dias, Monalisa Perrone, Evaristo Costa e do casal Mari Palma e Phelipe Siani.


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Morre aos 60 anos o apresentador Gugu Liberato, diz jornal

Apresentador Gugu Liberato morre após acidente doméstico

Bebê de 1 ano é vítima de mordidas dentro de creche e mãe denúncia

Justiça proíbe lançamento de livro sobre Suzane Von Richthofen