Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Brasil

Governo Bolsonaro gastou R$ 15 mihões com leite condensado em 2020

Chiclete, frutos do mar, vinho e bacon também estão entre os itens mais comprados no "carrinho" do Executivo.

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) (Foto: Reprodução)

Por

O gasto com leite condensado está entre os principais do Executivo federal, sob o comando do presidente Jair Bolsonaro , em 2020. 

De acordo com um levantamento do (M)Dados, núcleo de jornalismo de dados do Metrópoles, com base no Painel de Compras atualizado pelo Ministério da Economia, o gasto com o produto, que o presidente gosta de comer com pão, ultrapassou os R$ 15 milhões.

Em todo o ano, os órgãos do Executivo gastaram mais de R$ 1,8 bilhão em alimentos, um aumento de 20% em relação a 2019. Os itens do "carrinho" do Executivo chamam a atenção.

Só de chiclete, mais de R$ 2,2 milhões foram gastos. Já as compras com molhos (somando shoyo, inglês e de pimenta) representam mais de R$ 14 milhões do total. Pizza e refrigerante, juntos, totalizam R$ 32,7 milhões.

Além das  junk foods, o Executivo também gastou com alimentos mais refinados. Só em frutos do mar foram mais de R$ 6 milhões, além dos R$ 7 milhões em bacon defumado e os mais de R$ 123 milhões em sobremesas diversas.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Deputado federal do PL é flagrado com maços de dinheiro em vídeo

Mais de 1,9 mil vagas são ofertadas em concurso da PM, Bombeiros e SSP no Amazonas

Criança que ficou com a mão presa em escada rolante de loja na BA faz cirurgia: 'Teve que reconstruir todos os dedos dela', diz irmã

Criança fica com a mão presa em escada rolante de loja