Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Consulta

Governo libera novo site para consultar auxílio emergencial

A ferramenta é específica para que o cidadão que fez o requerimento do benefício de R$ 600 possa consultar a disponibilidade dos recursos e o status do processo de concessão.

Novo site ajuda a consultar sobre auxílio emergencial (Foto: Reprodução)

Por

Consultar o Auxílio Emergencial agora ficou mais fácil com o site Consulta Auxílio. A ferramenta, lançada nesta semana pelo Ministério da Cidadania e pela Dataprev, é específica para que o cidadão que fez o requerimento do benefício de R$ 600 possa consultar a disponibilidade dos recursos e o status do processo de concessão.

O site, que não substitui as demais plataformas já disponíveis, tem como funcionalidade exclusiva a realização da consulta, deixando processos de requerimento e gestão do auxílio a cargo dos apps e sites Caixa Auxílio Emergencial e Caixa Tem.

A ferramenta é uma opção para o cidadão encontrar mais recursos na hora de consultar a concessão e o processo de liberação do benefício, também conhecido como "coronavoucher". A expectativa é que a plataforma ajude a diminuir a sobrecarga que têm sido comum no uso do Caixa Auxílio Emergencial e Caixa Tem.

A Dataprev, empresa pública responsável pela gestão da ferramenta, afirma que já foram realizados 97,7 milhões de cadastros. Desse total, 50,5 tiveram o auxílio concedido, enquanto 32,8 milhões foram considerados inelegíveis e 13,7 milhões dependem de correções nos dados cadastrais.

O auxílio emergencial consiste em um benefício de R$ 600 a ser concedido por três meses pelo Governo Federal para amenizar a crise causada pela pandemia da Covid-19. Para receber o chamado "coronavoucher", o trabalhador não pode ter renda fixa e precisa se encaixar nos grupos de informais, microempreendedores individuais, contribuintes individuais da Previdência Social e desempregados. Além disso, o cidadão deve atender às seguintes regras:

  • Ter mais de 18 anos;
  • Não ter emprego formal;
  • Não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou participar de programa de transferência de renda federal (exceto pelo Bolsa Família);
  • Ter renda familiar mensal por pessoa de até meio salário mínimo ou, no total, de até três salários mínimos;
  • Não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018.

A solicitação do benefício deve ser feita pelo app ou site Auxílio Emergencial Caixa. Após o procedimento, é possível acompanhar o pedido pela nova plataforma da Dataprev. Veja, a seguir, como usar o site Consulta Auxílio Emergencial para verificar a situação do seu benefício.

Como usar o site Consulta Auxílio Emergencial

Passo 1. Acesse o site do Consulta Auxílio Emergencial (https://consultaauxilio.dataprev.gov.br/consulta/#/);

Passo 2. Para fazer a consulta, é preciso preencher os mesmos dados informados no cadastro do auxílio emergencial. Será preciso informar CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento. Com os dados corretos, não esqueça de marcar o reCAPTCHA. Depois basta clicar em “Enviar”;

Passo 3. Então, visualize, na coluna à esquerda, as datas e o status do processo. 

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Secretários de Guedes pedem demissão após manobra para abrir espaço no teto de gastos

Ao menos 16 tubarões foram vistos em Balneário Camboriú desde agosto

Governo de Rondônia proíbe uso da linguagem neutra em escolas públicas e privadas

Nova regra do teto é incluída em PEC dos Precatórios e pode ser votada nesta quinta