Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Brasil

Integrante da comitiva de Bolsonaro em Nova York recebe diagnóstico de Covid

Ele se sentiu mal na última sexta (17) e teve o diagnóstico de Covid confirmado no sábado (18), um dia antes da chegada do presidente Bolsonaro aos EUA.

O presidente Jair Bolsonaro, caminha com parte da comitiva do lado de fora do hotel onde está hospedado, em Nova York (Foto: STEFAN JEREMIAH / REUTERS)

Por

NOVA YORK, EUA (FOLHAPRESS) — Um integrante da comitiva que foi a Nova York para preparar a viagem do presidente Jair Bolsonaro à Assembleia-Geral da ONU teve resultado positivo em um teste de coronavírus.

A informação foi antecipada pela CNN Brasil e confirmada pela reportagem. O funcionário, que trabalha no cerimonial da Presidência, saiu do Brasil há cerca de 10 dias para ajudar a planejar previamente a logística da viagem.

Ele se sentiu mal na última sexta (17) e teve o diagnóstico de Covid confirmado no sábado (18), um dia antes da chegada do presidente Bolsonaro aos EUA.

A ONU foi avisada do ocorrido. Não está claro em quantas reuniões o funcionário infectado esteve nem se ele foi à sede da entidade nos últimos dias.

Pelo status que ele tem no governo, tudo indica que ele estava hospedado no mesmo hotel usado por Bolsonaro e sua comitiva. Depois que a contaminação foi confirmada, a pessoa foi isolada e ficará 14 dias em quarentena antes de voltar ao Brasil.

Procurada pela reportagem na manhã desta segunda (20), a assessoria de imprensa da Presidência da República disse desconhecer o caso.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, comentou que não sabia de eventos de contaminação na equipe. "Mas estamos em pandemia, e coisas assim podem acontecer", afirmou.
Bolsonaro deve discursar na abertura da Assembleia-Geral, nesta terça (21).

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Oposição decide ser contra PEC dos Precatórios, e governo já não conta mais com votação nesta terça

CPI da Covid pede indiciamento de 81; veja quem é quem e seus possíveis crimes

Arrecadação federal sobe 12,8% e bate recorde para setembro

Zé Trovão se entrega à Polícia Federal após dois meses foragido fora do Brasil