Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Brasil

João Azevêdo e outros governadores brasileiros comentam resultado das eleições presidenciais americanas

Além do governador paraibano, outros chefes do poder executivo estadual comentaram o resultado das eleições americanas e parabenizaram o novo presidente.

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Foto: Walla Santos)

Por

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), comentou neste sábado (7) a vitória do democrata Joe Biden nas eleições dos Estados Unidos nas redes sociais.

"Começa pelos Estados Unidos o reconhecimento de que a aventura em que o mundo entrou há alguns atrás, elegendo candidatos de extrema direita, precisa ser revista em função dos resultados nulos ou negativos apresentados", publicou o governador, no Twitter.

Além do governador paraibano, outros chefes do poder executivo estadual comentaram o resultado das eleições americanas e parabenizaram o novo presidente.

"Ao que tudo indica, Joe Biden será o próximo presidente dos EUA. Parabenizo o novo presidente e desejo um caminho de parcimônia, diálogo, tolerância e perseverança!", afirmou o governador de Minas Gerais, Romeu Zema.

Além de felicitar o candidato democrata, o governador de São Paulo, João Doria, enviou uma carta oficial do governo paulista convidando Joe Biden a visitar o Estado.

Para o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, a vitória de Joe Biden nos EUA é uma derrota do que chamou de "politicamente incorreto". "Um sinal de que a maioria dos americanos estão preocupados com o fortalecimento das instituições democráticas, meio ambiente, direitos humanos e cultura de paz. Um bom sinal para a política mundial", considerou no Twitter.

Já o governador do Maranhão, Flávio Dino, disse estar "muito feliz" com a derrota de Donald Trump. "Com ele, caem os que fazem apologia à violência, os que negam as 
mudanças climáticas, os irresponsáveis no combate ao coronavírus, os defensores do racismo. Ou seja, Bolsonaro está ainda mais isolado nas suas absurdas posições", afirmou.

Até mesmo o governador afastado por um processo de impeachment no Rio de Janeiro, Wilson Witzel, foi ao Twitter comentar o resultado da eleição norte-americana. "A vitória de Joe Biden representa o fim do extremismo nos EUA, país que tem forte poder de influência sobre as democracias do mundo. Que os ventos do fim do extremismo cheguem ao Brasil também", afirmou.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Noivos passam mal antes do casamento, e ex-namorada é suspeita de envenenar casal

Covid-19: Brasil tem 15,7 mil novos casos e 537 mortes em 24 horas

Polícia Federal recupera garrafas de vinho, avaliadas em R$ 60 mil, furtadas do Ministério das Relações Exteriores

Uber diz que baniu 1.600 motoristas por cancelamento de viagem