Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Nordeste

Juiz proíbe prefeitura de Natal de fazer propaganda e orientar uso de ivermectina

A ação solicitava ainda que o prefeito Álvaro Dias (PSDB) fosse proibido de defender e indicar em entrevistas o uso do vermífugo, mas esse pedido foi negado.

Na mesma decisão, o magistrado também mandou retirar de uma nota técnica da Secretaria Municipal de Saúde a orientação para o uso do medicamento no tratamento precoce da doença. (Foto: Reprodução)

Por

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) — O juiz Cícero Martins de Macedo Filho acatou parte de uma ação popular e proibiu a prefeitura de Natal (RN) de fazer propaganda sobre o uso da ivermectina no combate à Covid-19.

Na mesma decisão, o magistrado também mandou retirar de uma nota técnica da Secretaria Municipal de Saúde a orientação para o uso do medicamento no tratamento precoce da doença.

A ação solicitava ainda que o prefeito Álvaro Dias (PSDB) fosse proibido de defender e indicar em entrevistas o uso do vermífugo, mas esse pedido foi negado.

"O que não pode, ao meu sentir, é haver uma política pública que sem se basear em evidências científicas aceitáveis e razoavelmente consensuais nos dias atuais que recomende esse ou aquele remédio para tratamento da Covid-19", diz trecho da decisão do juiz.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Bebê de um ano deixado sozinho em linha férrea é resgatado em Sorocaba

Mega-Sena deste sábado deve pagar prêmio de R$ 7 milhões

PSDB retoma votação das prévias para escolher presidenciável do partido neste sábado

Bolsonaro revela para quem vai torcer na final da Libertadores: ‘Somos todos Flamengo’