Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Brasil

Justiça condena Igreja Universal a devolver doação de idoso em Mato Grosso do Sul

Devotos da Igreja Universal, o casal resolveu fazer a doação em busca de um milagre.

A universal alegou então que, o casal não tinha perdido tudo, pois reside em casa própria. Além de tudo, a igreja tentou barrar o direito do casal à Justiça gratuita. (Foto: Reprodução)

Por

A decisão da 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul condenou a Igreja Universal a devolver uma doação de R$ 19, 8 mil. O caso aconteceu com o casal de idosos, Domingos de Deus Corrêa e Socorro dos Santos Corrêa, em Três Lagoas no interior do estado.

Devotos da Igreja Universal, o casal resolveu fazer a doação em busca de um milagre. Em 2016, Domingos vendeu seu carro por R$ 18 mil e ainda somou a quantia com sua aposentadoria integral de R$ 1980. No mesmo ano, ele doou o valor para a instituição religiosa.

Entretanto, a graça esperada pelo casal não aconteceu. Com isso, o senhor tentou recuperar a quantia com a igreja, que não quis devolver o dinheiro. Após a negativa, o casal decidiu procurar a Justiça para reaver a quantia e pedir uma indenização por danos morais.

“Ao acordar da lavagem cerebral que o Pastor lhe fez e percebendo que tinha sido ludibriado, procurou a Igreja Ré para receber seu dinheiro de volta por diversas vezes, porém, todas foram infrutíferas, razão pela qual não lhe restou alternativa senão o ajuizamento da presente ação”, disse o advogado do casal, Eric Wanderbil de Oliveira, para revista Fórum.

A universal alegou então que, o casal não tinha perdido tudo, pois reside em casa própria. Além de tudo, a igreja tentou barrar o direito do casal à Justiça gratuita. “O ministério da entidade Ré difunde a fé, a esperança, o amor a Cristo, o amor ao próximo, não condizendo com induções a erro, coação, manipulação, ou qualquer outra alegação que não se coaduna com o que prega”, explicou.

Após todo o processo judicial no qual a Igreja Universal ainda recorreu da decisão, a Justiça manteve a sentença em prol do casal de idosos, mas negou o pedido de indenização por danos morais.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Bolsonaro foi preponderante para termos 100 mil mortes por Covid, diz Mandetta

Congresso e STF decretam luto em homenagem aos 100 mil brasileiros mortos de Covid-19

Bispo Edir Macedo é investigado pelo MPF por declaração sobre coronavírus

'Deram a visibilidade que a gente merece', diz Thammy Miranda sobre críticas a campanha