Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Veja vídeo

Lázaro morre após ser preso em Goiás

Segundo Segurança Pública, ele foi baleado ao ser detido em Águas Lindas de Goiás. Aos 32 anos, ele tinha extensa ficha criminal, fugiu três vezes da prisão e era acusado de diversos crimes.

Fotos de Lázaro Barbosa divulgadas pela Polícia Civil. (Foto: Montagem G1)

Por

Lázaro Barbosa, suspeito de matar uma família em Ceilândia, no DF, foi morto, nesta segunda-feira (28), após ser preso em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do DF. O criminoso estava há 20 dias fugindo de uma força-tarefa com mais de 270 agentes. Aos 32 anos, ele tinha uma extensa ficha criminal, fugiu três vezes da prisão e era acusado de diversos crimes.

Desde o dia 9 de junho, quando um casal e dois filhos foram assassinados no DF, o suspeito era procurado. Dois dias após este crime, segundo a polícia, Lázaro roubou um carro e fugiu para Cocalzinho de Goiás. Desde então, empreendeu uma fuga cinematográfica pelas matas da região.

Buscas por 20 dias

Enquanto fugiu por esses dias, Lázaro invadiu ao menos 11 fazendas, baleou moradores, dois policiais militares e um oficial da Força Aérea Brasileira (FAB).

Além disso, Lázaro fez uma família refém - o casal e uma adolescente de 16 anos. Durante o sequestro, as vítimas contaram que o criminoso exigiu que eles andassem em córrego para não deixar rastros. Imagens registraram quando a polícia encontrou os três. Veja vídeo acima.

Drones, helicópteros, rádios comunicadores e até um caminhão que tem plataforma de observação elevada de vídeo monitoramento ajudavam na procura. As autoridades policiais informaram que ele tinha facilidade de se esconder por ser mateiro, caçador e conhecer bem a região.



Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Cármen diz que PGR não está 'fora de supervisão' e cobra detalhes de ações contra Bolsonaro

Oposição decide ser contra PEC dos Precatórios, e governo já não conta mais com votação nesta terça

CPI da Covid pede indiciamento de 81; veja quem é quem e seus possíveis crimes

Arrecadação federal sobe 12,8% e bate recorde para setembro