Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Decisão

Lewandowski suspende gratuidade de 30 minutos em estacionamentos privados de São Luís

Lewandowski suspende gratuidade de 30 minutos em estacionamentos privados de São Luís Ministro do STF atendeu a um pedido da Associação dos Shoppings Centers contra uma decisão.

Ainda cabe recurso da decisão. (Foto: reprodução )

Por

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, suspendeu a gratuidade nos primeiros 30 minutos em estacionamentos privados de São Luís, definida na Lei 6.113/2016. A decisão foi publicada nesta sexta-feira (14) no Diário Eletrônico do STF. Ainda cabe recurso da decisão.

O pedido foi realizado pela Associação Brasileira de Shopping Centers (ABRASCE), que queria a suspensão de uma decisão do Tribunal de Justiça do Maranhão que julgou improcedente uma ação de inconstitucionalidade da ABRASCE em relação ao benefício.

Dentre as justificativas levantadas por Lewandowski, o ministro questiona a legitimidade do Município em atuar na questão.

“A jurisprudência do Supremo Tribunal Federal entende que a exploração econômica de estacionamentos privados refere-se a Direito Civil, sendo assim uma matéria de competência legislativa da União”, diz o ministro na decisão.

Lewandowski também citou uma outra decisão, em que o ministro Marco Aurélio entendeu que a regulação de preço de estacionamento é matéria de Direito Civil, inserindo-se na competência da União para legislar.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Homem usa drone para disparar fogos de artifício em festa barulhenta

"Brasil precisa de quimioterapia para que não pereça", diz Bolsonaro

Reforma da Previdência já tem 42 dos 49 votos para aprovação no Senado

Mulher que empurrou Padre Marcelo diz que a intenção era conversar e não agredir