Rio de Janeiro

Madonna desembarca no Rio para show histórico na Praia de Copacabana

Madonna desembarcou na manhã desta segunda-feira (29) no Rio de Janeiro para o show que fará na Praia de Copacabana no próximo sábado (4) e que tem previsão de atrair mais de 1,5 milhão de pessoas.

Madonna desembarca no Rio para show histórico na Praia de Copacabana

A cantora Madonna desembarcou na manhã desta segunda-feira (29) no Rio de Janeiro para o show que fará na Praia de Copacabana no próximo sábado (4) e que tem previsão de atrair mais de 1,5 milhão de pessoas. A rainha do pop chegou no Aeroporto Internacional Tom Jobim, às 10h06, em uma aeronave privada.

Madonna desceu dentro de um hangar em uma área de apoio que possui acesso para veículos. De lá, a cantora sai direto do aeroporto.

O voo veio da Cidade do México, local do último show da turnê “The Celebration Tour”. A apresentação na Praia de Copacabana será o encerramento da turnê que comemora os 40 anos de carreira da estrela.

Com equipe e estrutura dignas de uma rainha, a cantora Madonna traz uma equipe de 200 pessoas e 270 toneladas de equipamentos, que começaram a chegar ao Rio neste domingo (28). Dois dos três aviões que trazem o material já pousaram no terminal de cargas do Aeroporto Galeão.

Todo o aparato será levado para Copacabana, na Zona Sul da cidade, em 30 caminhões. No local está sendo montado o palco da última apresentação da pop star na turnê Celebration Tour, no sábado (4).

O megashow

  • 200 pessoas da equipe vão ocupar 90 quartos do hotel onde ficará hospedada;
  • 270 são toneladas de equipamentos chegam em 3 aviões de carga;
  • 3 caminhões levam parte do equipamento para o hotel, onde serão montadas 3 academias;
  • 27 caminhões irão direto para o palco montado na Praia de Copacabana;
  • palco tem 24 metros de frente e 821 metros quadrados de área, o dobro do tamanho dos montados até então na turnê;
  • além da estrutura principal, a cantora vai circular por três passarelas e 1 elevador;
  • para o show, serão 45 baús de guarda-roupa dentro deles, por exemplo, há 40 luvas de boxe para uma das coreografias.

 

Essa é a 4ª vez que a Madonna se apresenta no Brasil. A última foi há 12 anos. ela já apresentou ao país a turnê ‘The Girlie Show’, em 1993, a ‘Sticky and Sweet Tour’, em 2008 e a ‘MDNA’ em 2012.

Desta vez, a apresentação nas areias de Copacabana será a única da cantora em toda a América do Sul, e os fãs brasileiros poderão ver de pertinho – seja nas areias da praia ou no conforto de casa – a diva pop interpretar os maiores hits da sua extensa carreira.

A apresentação no Rio será o encerramento da turnê mundial e o maior show da carreira da artista. O DJ norte-americano Diplo foi anunciado como convidado especial.

Como tradição, a cantora promete não só um espetáculo em termos musicais, mas também visuais. do cenário ao figurino, o show da artista é repleto de glamour.

A apresentação vai durar 2 horas, e quem quiser evitar a multidão poderá ouvir a apresentação atrás do palco, já que haverá torres de som dos 2 lados da boca de cena.

A Prefeitura do Rio de Janeiro e o governo do estado deram detalhes, nesta quinta-feira (25), do plano operacional para o megaevento. A previsão de público aumentou, e as autoridades esperam 1,5 milhão de pessoas nas areias de Copacabana — antes era 1 milhão.

A estrutura está sendo montada em frente ao Copacabana Palace, voltada para o Leme. Os organizadores estimam que atrás do palco e da área de serviço, em direção ao posto 6, esteja menos cheio.

Haverá DJs tocando a partir das 19h. Às 20h, assume o DJ Diplo. Madonna subirá ao palco às 21h45. o show deve terminar às 23h45 — se a rainha não quiser esticar.

Com informações do G1

COMPARTILHE

Bombando em Brasil

1

Brasil

Famosa no Brasil, empresa paraibana de música é vendida para gravadora internacional; saiba qual

2

Brasil

Taxa cobrada por academias a personal trainer poderá ter valor reduzido

3

Brasil

VÍDEO: homem que destruiu carros com retroescavadeira em vaquejada bebeu antes de dirigir e só parou máquina após ser imobilizado

4

Brasil

Bolsonaro sugere conversar com chefe da Receita sobre investigação contra Flávio, mostra áudio

5

Brasil

Facção criminosa contratou pescadores para levar droga até navios em alto-mar