Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Instagram

Mãe de Marília Mendonça denuncia golpista que se passou por ela para pedir dinheiro

A mãe da cantora alertou seguidores sobre o caso neste sábado, em uma rede social.

Marília Mendonça morreu no último dia 5 de novembro (Foto: Reprodução)

Por

RIO — Em meio a tragédia da morte da filha, a cantora Marília Mendonça, Ruth Moreira foi vítima de um perfil falso que tem usado o nome dela para aplicar golpes. A mãe da cantora alertou seguidores sobre o caso neste sábado, em uma rede social.

Na postagem, Ruth mostrou que um perfil no Instagram foi criado com fotos e um nome de usuário muito parecido com o dela. Por meio de mensagens, a pessoa por trás da página tem pedido transferências de dinheiro via PIX. Foram fãs de Marília que perceberam o golpe e avisaram a mãe da cantora sobre o ocorrido.

Nesta semana, o sertanejo Murilo Huff, ex-namorado de Marília e pai do filho dela, Léo, também fez uma denúncia parecida. Huff afirmou que um golpista estava se passando por ele em um aplicativo de mensagens. Uma pessoa próxima foi contactada. O criminoso dizia que o cantor estava enfrentando um problema com uma conta bancária e precisava de ajuda financeira.

'Deus me deu, Deus tirou'

Ruth usou as redes sociais para se pronunciar sobre a morte da filha pela primeira vez quase três dias após o acidente aéreo em Piedade de Caratinga (MG). Na ocasião, escolheu uma foto que mostrava as duas quase dando um selinho. Como legenda, duas frases. A primeira dizia: 'Tudo é dele, por ele, para ele'. A segunda: 'Deus me deu, tirou, bendito seja o nome do senhor'. Ela terá a guarda compartilhada do neto, Léo, com Murillo  Huff.

Investigação
O acidente aéreo que matou Marília completou oito dias neste sábado. As investigações sobre o que provocou a queda da aeronave ainda estão em andamento. Outras quatro pessoas também morreram na tragédia. São elas: o produtor Henrique Ribeiro, o tio e assessor da cantora, Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto e copiloto do avião, Geraldo Martins de Medeiros e Tarciso Pessoa Viana, respectivamente.

Marília foi enterrada no último sábado, 6, em Goiânia. O velório da cantora ocorreu sob forte emoção de parentes, amigos e milhares de fãs que estiveram em um ginásio de esportes na capital goiana. Nessa mesma data, foi realizada perícia na área do acidente por agentes da Polícia Civil e do Centro de Investigação e Prevenção Acidentes Aeronáuticos (Cenipa). Os dois motores da aeronave também serão periciados.

Desde então, novas informações sobre o caso surgiram. O GLOBO revelou que o piloto do avião comunicou duas vezes sobre o procedimento de pouso. E além da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), testemunhas informaram que a aeronave colidiu com um cabo de energia e, segundos depois, caiu perto de um riacho.


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Eduardo Bolsonaro elogia Djokovic por não tomar vacina contra Covid

Com Covid, Olavo de Carvalho cancela transmissão de aulas online

Covid-19: Brasil recebe 2º lote de vacinas da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos

Síndrome de Burnout é reconhecida como fenômeno ocupacional pela OMS