Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Dia 17

Ministro convoca reunião com secretários de Segurança de todo o país

O objetivo do encontro, segundo a pasta, será discutir "medidas imediatas" para a crise do sistema penitenciário

o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, convocou uma reunião (Foto: Divulgação)

Por

Após a morte de quase 100 presos em massacres penitenciários pelo país somente neste início de ano, o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, convocou uma reunião com todos os secretários de Justiça e de Segurança Pública para o dia 17 deste mês em Brasília, informou a assessoria da pasta neste domingo (8).

O objetivo do encontro, segundo a pasta, será discutir "medidas imediatas" para a crise do sistema penitenciário com base nos relatórios em produção e implementar medidas previstas no Plano Nacional de Segurança, detalhado pelo ministro nesta sexta-feira (6) no Palácio do Planalto.

A iniciativa prioritária será a criação de núcleos de inteligência nos 26 estados e no Distrito Federal, além do cronograma de execução dos recursos do governo federal liberados no ano passado.

Neste domingo, a assessoria do Ministério da Justiça também informou que Moraes autorizou o envio de apoio federal para atender a pedidos dos governos de Amazonas, Roraima, Rondônia e Mato Grosso. Os estados solicitaram ajuda da União para conter a crise penitenciária e modernizar as penitenciárias locais.

Massacres
No início da semana passada, entre domingo (1º) e segunda (2), 56 presos morreram em uma rebelião no Complexo Penitenciário Anísio Jobim, em Manaus. Outros 4 detentos foram mortos em outra penitenciária da capital amazonense.

Já em Boa Vista, 31 presidiários foram mortos na última sexta (6). De acordo com o secretário de Justiça e Cidadania do estado de Roraima, Uziel Castro, que foi ao local, não houve rebelião e a matança seria de responsabilidade de presos do Primeiro Comando da Capital (PCC) que estavam concentrados neste centro de detenção.

Leia a nota divulgada pelo Ministério da Justiça sobre a reunião:

Brasília, 08/01/17 - Acerca dos acontecimentos ocorridos desde o início da semana passada, o Ministério da Justiça e Cidadania e as secretarias estaduais correspondentes estão em permanente contato, trocando dados e informações importantes neste momento.

O Ministro Alexandre de Moraes e os presidentes dos Colégios de Secretários de Justiça e Assuntos Penitenciários, Lourival Gomes (SP) e de Segurança Pública, Jeferson Portela (MA), marcaram reunião com os secretários de todos os estados e do Distrito Federal para o próximo dia 17/01, às 9h30, em Brasília.

Na pauta conjunta, serão discutidas medidas imediatas para a crise do sistema penitenciário, a partir dos relatórios que estão sendo produzidos, e a implantação das medidas previstas no Plano Nacional de Segurança, principalmente a criação ali prevista dos 27 núcleos de inteligência e o cronograma de execução dos recursos federais liberados no final do ano passado.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério da Justiça e Cidadania


Acompanhe mais notícias do ClickPB nas redes sociais:
 FacebookTwitterYoutube e Instagram
Entre em contato com a redação do ClickPB: 
Telefone: (83) 99624-4847
WhatsApp: (83) 99624-4847
E-mail: redacao@clickpb.com.br


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Duas primeiras moradoras do Rio de Janeiro são vacinadas no Cristo Redentor

Médico obstetra de 75 anos é o primeiro a receber vacina contra Covid-19 no Piauí

Pazuello diz agora que ministério orienta 'atendimento precoce' e não 'tratamento precoce'

Moradora de abrigo de idosos é a 1ª vacinada contra Covid-19 em Goiás: 'Esperei muito tempo por essa vacina'