Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Luto

Morre o general Geraldo Miotto, ex-comandante do Comando Militar do Sul, em decorrência da Covid-19

Ele estava hospitalizado desde o dia 1° de dezembro de 2020 e faleceu por volta das 18h30, no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA).

O general do Exército Geraldo Antonio Miotto, ex-comandante do Comando Militar do Sul, morreu nesta quarta-feira (20), aos 65 anos (Foto: Reprodução)

Por

O general do Exército Geraldo Antonio Miotto, ex-comandante do Comando Militar do Sul, morreu nesta quarta-feira (20), aos 65 anos, em decorrência da Covid-19. Ele estava hospitalizado desde o dia 1° de dezembro de 2020 e faleceu por volta das 18h30, no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA).

O Comando Militar do Sul (CMS) informou que, devido à necessidade de maiores cuidados, Miotto deu entrada no Hospital Militar de Área de Porto Alegre e foi encaminhado ao Hospital de Aeronáutica de Canoas três dias depois, para melhor suporte no acompanhamento do quadro clínico. Depois, foi transferido para o HCPA, hospital referência para o tratamento da Covid-19 no estado.

"Nesse momento de dor, o Comando Militar do Sul se solidariza com familiares e amigos, e expressa as mais sinceras condolências pela perda, como também, agradece a dedicação do trabalho prestado ao Exército Brasileiro e ao Brasil", disse, em nota, o CMS.

Miotto nasceu em 20 de março de 1955, em São Marcos, na serra gaúcha. O general ingressou no Exército Brasileiro em 28 de fevereiro de 1972, na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, em Campinas, em São Paulo.

Em 1975, seguiu para a Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) onde, em 14 de dezembro de 1978, foi declarado Aspirante-a-Oficial da Arma de Cavalaria, sendo o primeiro colocado de sua turma e recebendo a Medalha Marechal Hermes de bronze.

Como membro do Alto Comando do Exército, ocupou os cargos de Comandante Militar da Amazônia, entre 2016 e 2018, e comandante militar do Sul até abril do ano passado, quando passou o comando para o general Valério Stumpf Trindade e foi para a reserva.

O governador Eduardo Leite também manifestou condolências nas redes sociais. "Lamento profundamente o falecimento do gen. Geraldo Miotto, ocorrido hoje (quarta). Antes de deixar o CMS, Miotto ofereceu apoio reiteradas vezes para o enfrentamento à Covid-19, doença q o vitimou, e para ações de interesse do RS. Meus sentimentos aos amigos e familiares pela perda irreparável", escreveu.

Já o vice-presidente Hamilton Mourão confirmou que deve ir ao velório prestar solidariedade pessoalmente. "Miotto era um amigo de uma vida e um soldado extraordinário", afirmou.

O velório será nesta quinta (21), das 10h às 14h, na Paróquia São Marcos, em São Marcos. Na sequência, ocorrerá o sepultamento no Cemitério Público Municipal.

Nota do CMS
O Comando Militar do Sul (CMS) informa, com pesar e muita tristeza, o falecimento do General de Exército Geraldo Antonio MIOTTO, antigo Comandante Militar do Sul, que se encontrava na reserva. General MIOTTO, internado desde o dia 1° de dezembro de 2020, devido à COVID-19, faleceu hoje, dia 20 de janeiro de 2020, na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital de Clínicas, na cidade do Porto Alegre/RS.

Como membro do Alto Comando do Exército, o General MIOTTO ocupou os cargos de Comandante Militar da Amazônia (2016 – 2018) e Comandante Militar do Sul (2018 – 2020).

Nascido em 20 de março de 1955, em São Marcos/RS, o General MIOTTO ingressou no Exército Brasileiro em 28 de fevereiro de 1972, na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, em Campinas/SP. Em 1975, seguiu para a Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) onde, em 14 de dezembro de 1978, foi declarado Aspirante-a-Oficial da Arma de Cavalaria, sendo o primeiro colocado de sua turma e recebendo a Medalha Marechal Hermes de bronze.

Nesse momento de dor, o Comando Militar do Sul se solidariza com familiares e amigos, e expressa as mais sinceras condolências pela perda, como também, agradece a dedicação do trabalho prestado ao Exército Brasileiro e ao Brasil.

Nota do HCPA
O Hospital de Clínicas de Porto Alegre informa, com a autorização dos familiares, que o paciente Geraldo Antonio Miotto, 65 anos, com diagnóstico de covid-19, faleceu no dia de hoje, 20 de janeiro de 2021, às 18h30min no Centro de Tratamento Intensivo.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Infectados devem esperar um mês antes de vacinar contra covid-19, diz médico

Covid-19: pessoas já infectadas devem esperar um mês antes de vacinar

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em março

Fux marca para terça-feira julgamento sobre CPI da Covid-19