Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Política

Moto usada por Bolsonaro durante “motociata” em SP teve a placa coberta

Não houve infração pois presidente passou por vias interditadas, diz governo.

O governo do Estado de São Paulo multou Bolsonaro por não usar máscara e provocar aglomeração no ato político. O valor da autuação é de R$ 552,71. (Foto: reprodução)

Por

A moto usada pelo presidente Jair Bolsonaro durante “motociata” em São Paulo, nesse sábado (12.jun.2021), estava com a placa coberta. Em vídeos do ato político junto a motoqueiros, feitos por apoiadores do presidente e publicados nas redes sociais, é possível ver que ela foi coberta.

Qualquer tipo de cobertura à placa é considerado infração gravíssima que prevê a apreensão do veículo, segundo o CTB (Código Brasileiro de Trânsito).

O governo federal disse ao jornal O Globo, no entanto, que o presidente não cometeu nenhuma infração porque estava conduzindo a moto em uma via fechada ao tráfego e com escolta de policiais militares.

O governo do Estado de São Paulo multou Bolsonaro por não usar máscara e provocar aglomeração no ato político. O valor da autuação é de R$ 552,71.

De acordo com a nota da assessoria do governo paulista, o presidente e o deputado federal Eduardo Bolsonaro, seu filho, foram flagrados por equipes da Saúde e Segurança Pública sem máscara. O Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, também foi autuado.

O governo do Estado disse que os 3 desrespeitaram as medidas preventivas já conhecidas contra a covid-19. O uso de máscaras é obrigatório em São Paulo desde maio de 2020.

João Doria (PSDB) também divulgou nota anunciando que gastou R$ 1,2 milhão com o reforço na segurança. Segundo o documento, foram 6.300 agentes deslocados, sendo 1.433 focados exclusivamente no trajeto dos manifestantes. Eis a íntegra (109 KB).

Após a “motociata”, que terminou no Parque Ibirapuera, Bolsonaro chegou a dizer que não há nada no mundo comprovado cientificamente que possa combater a covid-19. O presidente disse ainda que o isolamento social praticado pelos governadores, em especial em São Paulo, não tem “fundamentação científica“, apesar de ter e ser a recomendação oficial da OMS (Organização Mundial da Saúde).

“Sempre falei do isolamento vertical. O meu governo não fechou o comércio. O meu governo não decretou lockdown. O meu governo não impôs toque de recolher. Quem fez isso fez errado“, afirmou.

No sábado (12.jun), o Brasil atingiu 486 mil mortes por covid-19. É o 9º país do mundo com mais mortos por milhão.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Polícia vai ouvir novamente modelo fitness que estava em quarto de MC Kevin

Rede de academias de ginástica Bluefit pede aval para oferta inicial de ações

CPI da Covid volta buscando avançar investigação sobre negociações por vacinas e mira relatório final

Petrobras diz não ter definição sobre vale-gás prometido por Bolsonaro