Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Investigação

MP vai pedir quebra do sigilo fiscal e bancário de Flávio Bolsonaro e Queiroz

O jornalista informa que o processo, que está nas mãos do promotor Luís Otávio Lopes, do MPRJ, desde fevereiro, está prestes a andar.

O MPRJ vai tornar a dupla formalmente investigada (Foto: Reprodução)

Por

De acordo com informações da coluna de Lauro Jardim, publicada no Globo, deste domingo (5), o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) vai pedir a quebra de sigilo bancário e fiscal do filho do presidente Jair Bolsonaro e atual senador pelo Rio de Janeiro, Flávio Bolsonaro (PSL).

Além dele, será pedido também o sigilo de Fabrício Queiroz, ex-motorista e assessor de Flávio.

O jornalista informa que o processo, que está nas mãos do promotor Luís Otávio Lopes, do MPRJ, desde fevereiro, está prestes a andar.

O MPRJ vai tornar a dupla formalmente investigada e, se o Judiciário autorizar, o sigilo de Flávio e de seu ex-motorista, hoje habitando local incerto, serão quebrados.

O filho do presidente chegou a entrar na Justiça acusando o MPRJ de ter aberto seus dados ilegalmente. Queria, assim, trancar, a pré-investigação dos procuradores.

Seu pedido foi indeferido pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, assim como foram barradas pelo Judiciário outras tentativas de matar as investigações na sua fase inicial.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

MPF investiga as causas do aumento do desmatamento e das queimadas na região Amazônica

Presidente dos EUA oferece a Bolsonaro ajuda à Amazônia

OAB considera 'execrável' tentativa da PF de entrar em escritório de advogado de Lula

Ator Thammy Miranda é nomeado assessor na Câmara de SP