Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Improviso

Noivos cancelam casamento e fazem cerimônia ao vivo pela internet

Letícia Gandara e Davi Lima improvisaram celebração em casa para proteger os cerca de 300 convidados do coronavírus.

O casal tem esperança que, em outubro deste ano, a pandemia já tenha passado e, com isso, consiga finalmente fazer a festa "presencial". (Foto: Reprodução)

Por

Em meio a centenas de casos suspeitos de coronavírus no Brasil, que aumentam minuto a minuto, um casal de noivos que iria realizar uma festa em São Roque (SP) para mais de 300 convidados precisou adiar o tão esperado dia do "sim" perante o público e improvisar um casamento virtual.

Letícia Gandara e Davi Lima, ambos de 23 anos, acharam prudente manter os convidados em suas casas em vez de partirem para a festa, que seria realizada no último sábado (21), em um sítio na cidade do vinho.

Porém, para não deixar de comemorar a união, o casal fez uma pequena cerimônia e transmitiu ao vivo pelas redes sociais a partir de 12h.

Para que a celebração ocorresse, um aparador coberto com uma toalha branca, que ganhou castiçais e algumas flores, foi posto na sala da casa do noivo, compondo o cenário.

"Decidimos adiar a festa e fazer uma cerimônia para os nossos pais, as testemunhas do civil e um pastor", contou a noiva sobre a festa improvisada com apenas 10 pessoas.

Assim, apesar do cancelamento a dois dias da festa, que teve um custo de R$ 45 mil, os cerca de 40 padrinhos e outros convidados puderam conferir a transmissão ao vivo via Facebook.

"Foi muito difícil e doloroso. A gente tentou ao máximo não cancelar a festa, mas foi uma medida de proteção necessária com os convidados", disse Letícia.

Até mesmo na hora de encontrar um vestido mais simples para ser usado na festa improvisada Letícia sentiu dificuldades, já que todos os comércios estão fechados na cidade.

"Tive que entrar em contato com uma loja de uma pessoa conhecida, que estava fechada. Entenderam a situação e abriram só para eu comprar o vestido", explicou a noiva sobre a aquisição do modelo branco, de alcinhas e com bordados.

O casal tem esperança que, em outubro deste ano, a pandemia já tenha passado e, com isso, consiga finalmente fazer a festa "presencial" para todos os convidados e não perder o valor já investido nos itens do casamento.

"A gente pensa: por que isso está acontecendo comigo? Foi muito difícil de aceitar, só que a situação saiu do controle", relatou a jovem.

Além da festa, assim como pede a tradição, Davi e Letícia embarcariam em uma viagem de lua de mel para a Europa, que também precisou ser cancelada. Os dois trabalham para conseguir remarcar o passeio também para o fim do ano.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Bolsonaro foi preponderante para termos 100 mil mortes por Covid, diz Mandetta

Congresso e STF decretam luto em homenagem aos 100 mil brasileiros mortos de Covid-19

Bispo Edir Macedo é investigado pelo MPF por declaração sobre coronavírus

'Deram a visibilidade que a gente merece', diz Thammy Miranda sobre críticas a campanha