Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Pandemia

Plano nacional de vacinação contra Covid-19 será divulgado na segunda, diz líder do consórcio do Nordeste

Está prevista a organização do número de pontos de vacinação, e se ela será feita por agendamento e para quais grupos prioritariamente.

Segundo Dias, a estratégia definida é trabalhar com múltiplas vacinas, "começando pela primeira autorizada pela Anvisa". (Foto: Reprodução)

Por

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) — O Ministério da Saúde informou a governadores que o plano nacional de vacinação contra a Covid-19 será divulgado na próxima segunda-feira (30).

O líder do consórcio do Nordeste, o governador Wellington Dias (PT-PI), afirma que serão definidos nessa etapa os preparativos para a vacinação, como as regras de distribuição do medicamento e de armazenagem, além do treinamento das equipes.

Está prevista a organização do número de pontos de vacinação, e se ela será feita por agendamento e para quais grupos prioritariamente.

O governo havia sinalizado aos governadores que estaria pronto para fazer o anúncio na segunda, o que foi confirmado nesta quarta (25).

Segundo Dias, a estratégia definida é trabalhar com múltiplas vacinas, "começando pela primeira autorizada pela Anvisa".

"Em dezembro é prevista a conclusão da terceira etapa de duas vacinas: a Coronavac e Oxford. E o Brasil, como é signatário do consórcio de países com a OMS, pode adotar outras, aprovadas pela OMS", disse.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Com mais de mil mortes por Covid no dia, Brasil ultrapassa 215 mil óbitos pela doença

Butantan libera 900 mil vacinas para que Ministério da Saúde distribua aos estados

40% reprovam governo Bolsonaro e 31% aprovam, aponta pesquisa Datafolha

Avião com 2 milhões de doses da Índia chega a São Paulo