Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Veja Vídeo

Polícia faz 'tempestade de areia' em praia para espantar banhistas

A corporação informou que a ação ocorreu durante a fiscalização do cumprimento das medidas de restrição decretadas pelo governo do estado em espaços públicos.

O estado já tem quase 70 casos de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, e está em situação de emergência. (Foto: Reprodução)

Por

A Polícia Civil realizou uma abordagem inusitada para que as pessoas cumprissem as medidas de quarentena em Santa Catarina, devido à pandemia de coronavírus, em que a ordem é ficar em casa. A "tempestade de areia" foi realizada durante um sobrevoo do helicóptero do Serviço Aeropolicial (Saer) na sexta-feira (20), na Praia da Galheta, em Florianópolis. O estado já tem quase 70 casos de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, e está em situação de emergência.

De acordo com os agentes, ao verificar que algumas pessoas estavam tomando sol e não respeitando as medidas, os membros da corporação sobrevoaram mais perto da praia, causando o vento que levantou a areia.

A corporação informou que a ação ocorreu durante a fiscalização do cumprimento das medidas de restrição decretadas pelo governo do estado em espaços públicos, praias e praças. Ainda de acordo a polícia, ações como essa devem se repetir nos próximos dias.

A Polícia Civil pede para que denúncias de descumprimento dessas medidas sejam feitas pelo telefone 181.

Situação de emergência e restrições - O governo catarinense decretou situação de emergência no último dia 17, após a confirmação de que já havia casos de transmissão comunitária da doença no estado, ou seja, quando não é possível identificar o local do contágio. Desde então, a intenção é impedir a aglomeração de pessoas para evitar a propagação do vírus.

Entre outras restrições, estão proibidos eventos de forma geral, transporte coletivo municipal, intermunicipal, interestadual e internacional, e a permanência das pessoas em espaços públicos como parques, praças e praias. Além disso, comércios considerados não essenciais devem permanecer com as portas fechadas.



Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Brasil ultrapassa 173 mil mortes pela Covid-19, mostra consórcio de imprensa

Conta de luz terá cobrança extra a partir desta terça-feira, decide Aneel

Desmatamento na Amazônia volta a bater recorde e cresce 9,5% de 2019 a 2020

INSS prorroga suspensão de bloqueio de benefícios e prova de vida volta só em 2021