Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Brasil

Polícia Federal faz operação de busca em endereços ligados a Milton Ribeiro e pastores que atuavam no MEC

Operação faz parte de investigação da atuação de pastores na liberação de verbas do Ministério da Educação. Ribeiro deixou comando do MEC após caso ser revelado.

O ex-ministro Milton Ribeiro (Foto: Reprodução)

Por

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (22) uma operação que tem como alvos o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro e pastores suspeitos de montar um gabinete paralelo dentro do MEC.

A PF investiga Ribeiro por suposto favorecimento aos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura e atuação informal desses dois últimos na liberação de verbas do Ministério da Educação. Há suspeita de cobrança de propina para liberação dos recursos.

O inquérito foi aberto após o jornal "O Estado de S. Paulo" revelar, em março, a existência de um "gabinete paralelo" dentro do MEC controlado pelos pastores.

Dias depois, o jornal "Folha de S.Paulo" divulgou um áudio de uma reunião em que Ribeiro afirmou que, a pedido de Bolsonaro, repassava verbas para municípios indicados pelo pastor Gilmar Silva.

"Foi um pedido especial que o presidente da República fez para mim sobre a questão do [pastor] Gilmar", disse o ministro, segundo o áudio revelado pelo jornal. "Porque a minha prioridade é atender primeiro os municípios que mais precisam e, segundo, atender a todos os que são amigos do pastor Gilmar", complementou Ribeiro.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Funcionárias denunciam presidente da Caixa por assédio sexual

CPI do MEC: Líder do governo no Senado diz que vai ao STF caso comissão seja instalada

Brasil tem menor taxa de homicídios em dez anos, diz anuário

Para Queiroga, crianças estupradas devem ter direito de manter gravidez